Publicidade

Estado de Minas

Termina hoje batalha por uma vaga na universidade; gabarito oficial sai na quinta

No dia dos cálculos nos testes do Enem, foco e atenção ao tempo são armas essenciais para encarar com sucesso quatro horas e meia de prova


postado em 12/11/2017 07:58 / atualizado em 12/11/2017 08:34

(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press )
(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press )

Clique para ampliar a imagem
Clique para ampliar a imagem
Chegou o dia mais esperado por milhões de estudantes Brasil afora. Hoje, segundo e último domingo de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), vai encerrar uma etapa da batalha que, na verdade, está apenas começando. Ao fazer as provas de matemática e ciências da natureza, os participantes vão carimbar a possibilidade de acesso ao ensino superior. Quinta-feira, o Ministério da Educação (MEC) deve divulgar o gabarito oficial e, em 19 de janeiro, está prevista a divulgação das notas. No dia dos números e dos cálculos, atenção e concentração são as maiores pedidas do teste.

Pela primeira vez, essas áreas estão concentradas no mesmo dia, durante quatro horas e meia de provas. Até o ano passado, quando o Enem era aplicado num único fim de semana, ciências humanas e ciências da natureza compunham a fase de testes do sábado. Linguagens, redação e matemática ficavam para o domingo. Clarissa Azeredo, supervisora do ensino médio do Colégio Santo Agostinho de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, diz que a mudança impactou os alunos em termos de tempo. “Este ano, foi preciso fazer com os alunos um trabalho ainda maior para algo que já era um desafio”, afirma.

Em matéria de Enem, o cronômetro sempre foi aliado de estudantes durante a preparação. Para cada questão, é indicado dedicar, no máximo, três minutos para garantir que se chegará ao fim da avaliação. Mas, diante de tantos cálculos, alguns deles longos, o domínio do relógio se tornou ainda mais obrigatório. De acordo com Clarissa, se o aluno achar que a prova está pesada demais e começar a perder o foco, a orientação é sair para beber água, jogar uma água no rosto e espairecer para voltar a toda velocidade. “É preciso sempre pensar na contagem regressiva do tempo, ou seja, quanto falta para o fim do exame, para ter noção do que ainda precisa fazer”, diz.

ansiedade  Por ser a segunda etapa de provas, além de dominar o cronômetro muitos alunos precisam dominar o medo ou a ansiedade em relação ao primeiro domingo da avaliação. O ideal, diz a especialista, é nem conferir o gabarito. Candidatos que pensam não ter ido bem no conjunto de redação, ciências humanas e linguagens não devem ficar desesperados em tentar recuperar pontos hoje nem pensar em desistir, já contando com pontuação baixa que nem sequer sabem se terão, de acordo com as especialistas em neurociência cognitiva Tais e Roberta Bento, responsáveis pelo projeto educacional SOS nos Estudos.

Elas ressaltam que, agora, o importante é olhar pra frente. “Mantenha seu foco. Lembre-se de que você se inscreveu para prestar o Enem e está na metade do caminho. Não faz sentido desistir sem terminar o percurso. Embora sua pontuação seja importante para definir seu curso superior, há mais que isso em jogo”, afirmam.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) lembra que a prova deve ser feita com caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente e que é necessário documento oficial de identificação original com foto. São proibidos itens como lápis, chaves, livros, boné, chapéu, fones de ouvido, lapiseiras, óculos escuros e dispositivos eletrônicos.

Em Belo Horizonte, a BHTrans informa que vai reforçar o quadro de horários dos ônibus que atendem aos locais de prova. As informações sobre o serviço de transporte coletivo, como horários e pontos de embarque e desembarque em bairros e no Centro, para os inscritos no Enem, estão disponíveis no portal da empresa (https://goo.gl/3RhQhk) e no serviço telefônico da Prefeitura (156). Agentes da BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal vão operar o tráfego na região das instituições onde o exame será aplicado e nos corredores de acesso.

TEMPO Embora com reforço nas linhas de ônibus, a orientação é que os candidatos saiam de casa mais cedo. Até porque, a previsão é de chuva hoje. A mudança do tempo é em razão da chegada de uma frente fria vinda do litoral do Rio de Janeiro e do fluxo de umidade proveniente da região amazônica. Pelo menos, no momento das provas, os participantes do Enem não vão enfrentar calorão. A cobertura de nuvens dá um refresco e deixa as temperaturas mais amenas em todo o estado, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia. Em Belo Horizonte, a máxima deve variar entre 24 e 25 graus.

Metrô mais lento
Candidatos que vão utilizar o metrô de Belo Horizonte para chegar aos locais de prova devem ficar atentos aos horários neste domingo. Por conta de uma manutenção em parte dos trilhos, os intervalos das viagens serão maiores. De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU-BH), os trabalhos serão realizados entre as estações Carlos Prates e Central, das 7h às 18h. Durante o período, o intervalo entre as viagens poderá variar entre 15 e 20 minutos. A CBTU diz que a manutenção é necessária para garantir a segurança das viagens e permitir o cumprimento regular dos itinerários do trens. Assim que a atividade terminar no domingo, serão retomados os intervalos normais de viagens.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade