Publicidade

Estado de Minas

SEDESTMIDH anuncia nova data de prova para cargo de educador social

Prova foi cancelada no domingo passado (24). Datas de demais avaliações ainda não foram divulgadas pelo Ibrae


postado em 28/03/2019 15:04 / atualizado em 01/04/2019 11:32

(foto: Arquivo pessoal)
(foto: Arquivo pessoal)
A Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH) anunciou nova data para reaplicação da prova do concurso apenas para o cargo de educador social, que teve sua prova cancelada na tarde de domingo (24). Os inscritos nesse cargo farão o exame no dia 14 de abril, das 14h às 18h30.

A informação foi dada pelo site da banca organizadora, Instituto Brasil de Educação (Ibrae). A empresa não deu mais detalhes sobre a avaliação, apenas disse para aguardar a liberação do cartão de local de prova. As datas dos demais cargos ainda não foram divulgados.

O cargo de educador social tem 18 oportunidades para contratação imediata e 90 para formação de cadastro reserva. A escolaridade exigida é de nível superior, com remuneração de R$ 3.599,70 para 30h semanais trabalhadas.

Provas anuladas

Após o concurso ter sido marcado por bagunça e indignação, as provas de todos os cargos da SEDESTMIDH foram canceladas. Segundo o Ibrae, o cancelamento das aplicações no período vespertino ocorreram por atraso na distribuição das provas e consequente tumulto dos candidatos. Os exames realizados pela manhã foram anulados logo em seguida.

De acordo com relatos de inscritos no concurso, além do atraso, várias fraudes foram relatadas, como envelopes rasgados e pessoas mexendo no celular dentro de sala. Concurseiros disseram que também não havia detector de metal na entrada, o cartão de respostas não foi entregue aos candidatos e os chefes de sala não conseguiam se comunicar com a banca organizadora. Com isso, as pessoas de algumas salas acabaram sendo liberadas enquanto outras faziam a prova em outros locais.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade