UAI
Publicidade

Estado de Minas FIQUE DE OLHO

Variação de preços em bares de BH e região metropolitana chega a 230%

Site de pesquisas de preços Mercado Mineiro comparou valores de petiscos e bebidas cobrados em 50 estabelecimentos


11/10/2021 09:24 - atualizado 11/10/2021 10:37

Porção de batata frita
A porção de batata frita subiu 2,13%, com preço médio passando de R$ 22,18 para R$ 22,65 (foto: Hanxiao/Unsplash)

Em levantamento realizado entre 6 e 8 de outubro em 50 bares da Região Metropolitana de Belo Horizonte, o site de pesquisas de preços Mercado Mineiro comparou os valores cobrados para petiscos e bebidas, entre refrigerantes, sucos, drinks e cervejas.

Em alguns casos, as variações chegam a 230%. Segundo os pesquisadores, as diferenças se dão devido à localização do bar e seu posicionamento junto ao público (se é mais tradicional ou não), considerando ainda o tamanho das porções, no caso das comidas.

Para as comidas, foi atestada diferença de 227% no lombo suíno na chapa, que pode custar entre R$ 25,90 e R$ 84,80. A porção de picanha é encontrada por valores entre R$ 51,50 e R$ 170, uma diferença de 230%. Para o prato de batata frita, com variação de 132%, os preços vão de R$ 15 até R$ 34,90, enquanto a porção de mandioca pode custar de R$ 14,90 até R$ 28,90, uma diferença de 94%.

No caso das bebidas, um suco de laranja natural de 300 ml pode custar de R$ 4 a R$ 12, uma variação de 200%. O refrigerante em lata de 310ml a 350ml pode custar de R$ 4 até R$ 6,90, diferença de 72%.

Para os drinks, a caipivodka, com vodka nacional, foi encontrada custando de R$ 9,70 até R$ 23,80, diferença de 145%. Com variação de 150%, o preço da caipirinha vai de R$ 8 até R$ 20. Para as cervejas, a Bohemia de 600ml pode custar de R$ 8,50 até R$ 12,50, diferença de 47%. Com variação de 41%, a Brahma 600ml vai de R$ 8,50 a R$ 12, enquanto a Original de 600ml custa entre R$ 9,50 até R$ 14,90, diferença de 56%.

Ainda na lista da gelada, a cerveja Skol de 600ml pode custar de R$ 8 até R$ 12, uma diferença de 50%, a Serramalte de 600ml de R$ 10 até R$ 14,50, diferença de 45%,e a Heineken de 600ml de R$ 12 até R$ 16,90, variação de 40%. Para as garrafas menores, a long neck de 343ml da Budweiser foi encontrada com preços entre R$ 7 até R$ 9,80, uma diferença de 40%. O Mercado Mineiro lembra que que os preços aferidos são conforme consta nos cardápios, ou seja, não consideram os 10% pelo serviço dos garçons, que devem ser acrescidos no final da conta.

O site também comparou os preços médios nos últimos três meses e os aumentos foram constatados em quase todos os itens. A porção da picanha bovina subiu 3,17% - o preço médio, que era de R$ 79,80, passou para R$ 82,33. A porção de batata frita subiu 2,13%, com preço médio passando de R$ 22,18 para R$ 22,65. O refrigerante em lata de 350ml subiu de R$ 5,29 para R$ 5,42, um aumento de 2,41% e, para as cervejas, os preços estão estabilizados nesse intervalo, e não refletem os aumentos praticados pela AMBEV.

A pesquisa completa está disponível no site Mercado Mineiro e as melhores ofertas no aplicativo comOferta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade