Publicidade

Estado de Minas Construção

MRV tem recordes no ano

Construtora registra maior volume de lançamentos em um trimestre, com 9.996 unidades, e contabiliza um valor geral de vendas de R$ 1,7 bilhão em três meses


16/04/2021 04:00

Diretor-executivo financeiro, Ricardo Paixão destaca bom momento do mercado imobiliário (foto: Marcus Desimoni/NITRO/Divulgacao/MRV)
Diretor-executivo financeiro, Ricardo Paixão destaca bom momento do mercado imobiliário (foto: Marcus Desimoni/NITRO/Divulgacao/MRV)

A MRV Engenharia e Participações S.A. anunciou ontem que registrou o maior volume de lançamentos no primeiro trimestre deste ano, com 9.996 unidades, um crescimento de 58% sobre os três primeiros meses do ano passado. A construtora registrou R$ 1,7 bilhão em valor geral de venda de janeiro a março. Este também foi o segundo melhor primeiro trimestre da história da companhia em relação às vendas líquidas, que somaram R$ 1,6 bilhão referentes a 9.740 unidades. O balanço mostra ainda a evolução da implementação das vendas garantidas, que já atingiram 65% das unidades comercializadas apenas no primeiro trimestre.

O diretor-executivo financeiro e de relações com investidores, Ricardo Paixão, explica que a prévia operacional é divulgada para dar um norte ao mercado. “Foi um trimestre forte. Tivemos um volume de lançamentos muito alto que se deve principalmente ao aumento do nosso landbanking (estoque de terrenos). Temos mais terrenos dentro de casa e no processo de aprovação”, afirmou.

Paixão acredita que é um bom momento para o mercado imobiliário. “A gente não faria os lançamentos se não estivéssemos confiantes no mercado consumidor. Em relação às vendas, a gente continua vendo uma demanda grande. Vimos que, em questão da pandemia, as pessoas dão ainda mais importância à casa própria, estão buscando uma casa, um imóvel”, comentou.

Diversificação 


Atualmente, a MRV&Co se identifica como uma Plataforma Habitacional Multifunding. Isso significa que foi adotada uma estratégia de diversificação de produtos e fundings. Isso faz com que a companhia reduza, cada vez mais, a atuação em um único segmento. A aquisição de apartamentos é feita por meio da MRV e da Sensia. A compra de um terreno em loteamentos completamente urbanizados são feitos pela Urba. Recentemente, também entrou no negócio de aluguel de imóveis com a Luggo, no Brasil, ou com a AHS, nos Estados Unidos.

Ricardo Paixão defende que o grande volume de vendas e repasses da MRV mostra que a estratégia de crescimento em todas as linhas de negócio tem dado certo. “A gente é uma empresa muito otimista. Para 2021, planejamos crescer em todas as linhas de negócio e métricas. Queremos vender mais, lançar mais, construir mais. Vemos uma demanda grande e tem espaço no mercado”, diz o diretor.

“A MRV&Co segue empenhada em expandir suas operações em todas suas linhas de negócios, o que pode ser confirmado pelo crescimento de 58% dos lançamentos no comparativo com o mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 1,71 bilhão em VGV lançado”, informou a companhia.

No último trimestre, foi feito o primeiro lançamento da marca Sensia, incorporadora de média renda da MRV&Co. Trata-se de um empreendimento na cidade de Campinas, com um VGV estimado de R$ 108 milhões e que conta com 304 unidades. O lançamento do empreendimento ocorreu em 24 de fevereiro e as vendas no primeiro trimestre totalizaram 101 unidades, o equivalente a uma Venda sobre Oferta (VSO) de 33%. “Esse resultado confirma a demanda extremamente forte, também no segmento de média renda”, defende a companhia.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade