Publicidade

Estado de Minas AVIAÇÃO

Aeroporto de Confins deve receber 570 mil passageiros em fevereiro

Movimento corresponde a 66% do registrado um ano atrás, antes da pandemia de COVID-19. Mais de 30 destinos estão em operação em Confins


02/02/2021 14:57 - atualizado 02/02/2021 17:10

Em fevereiro mais de 570 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional Tancredo Neves(foto: BH Airport/Divulgação)
Em fevereiro mais de 570 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional Tancredo Neves (foto: BH Airport/Divulgação)
Após uma alta temporada movimentada em dezembro e janeiro, o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH, estima que cerca de 570 mil passageiros passem pelo terminal ao longo de fevereiro. Já o número de voos deverá chegar a 5 mil. Na comparação com o mesmo mês de 2020, antes da pandemia de COVID-19, o volume de passageiros deste ano compreende a 66%.

Boa parte dessa recuperação se deve à retomada da operação de vários destinos. Atualmente, são 33 mercados atendidos, com a entrada do voo para Uberaba, operado pela Azul Linhas Aéreas, com seis frequências semanais. Os demais destinos conectados a Confins são: João Pessoa (PB), Cabo Frio (RJ), Jericoacoara (CE), Maceió (AL), Natal (RN), Teixeira de Freitas (BA), Ribeirão Preto (SP), Florianópolis (SC), Vitória da Conquista (BA) , Barreiras (BA), Carajás (PA), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Montes Claros (MG), Santos Dumont (RJ), São Luís (MA), Uberlândia (MG), Campinas (SP), Vitoria (VIX), Belém (PA), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Salvador (BA) e o internacional da Copa Airlines para a Cidade do Panamá.  

“Iniciamos o ano de 2021 com um janeiro movimentado em função do verão. Contamos com diversos voos sazonais e extras e acredito que estamos no caminho certo para uma retomada gradual e segura. Temos previsão de entrada de novos destinos nos próximos meses e é fundamental que todos façam a sua parte para a prevenção ao coronavírus. A aviação é um meio de transporte seguro e os passageiros podem ter tranquilidade em voar”, ressaltou Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport, concessionária que administra o terminal.

No período compreendido entre 1º de dezembro e 31 de janeiro, o aeroporto registrou movimentação de cerca de 1,3 milhão de passageiros. Durante as festas de final de ano, o fluxo seguiu em alta, alcançando patamares anteriores à pandemia, com movimentação de cerca de 145 mil pessoas entre 23 e 29 de dezembro e em torno de 160 mil passageiros de 30 a 5 de janeiro de 2021. 

Antes da COVID-19, cerca de 30 mil pessoas circulavam diariamente pelo Aeroporto Internacional e em torno de 300 voos eram operados por dia entre pousos e decolagens. Eram oferecidos voos para 45 destinos, sendo cinco internacionais (Orlando, Fort Lauderdale, Buenos Aires, Panamá e Portugal).  
 

Novos destinos internacionais 

A partir de maio, três novas rotas internacionais partirão do Aeroporto Internacional. Operadas pela Eastern Airlines, terão destino a Nova York, Boston e Miami, com um total de seis frequências semanais. Os voos, operados pelo Boeing 767-300, já estão com passagens à venda na plataforma da BH Airport (clique neste link)

A Eastern Airlines é uma empresa americana que está em sua terceira geração, sendo uma nova marca da antiga operadora charter Dynamic Airways. A Eastern original chegou a ser uma das maiores empresas dos Estados Unidos, com voos regulares para São Paulo e Rio de Janeiro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade