Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

UE: fundo contra crise do coronavírus deve mobilizar 1 trilhão de euros


postado em 23/04/2020 15:36

Após uma reunião virtual na tarde desta quinta-feira, 23, o Conselho Europeu anunciou que trabalhará na criação de um fundo de recuperação da crise do coronavírus. Segundo a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que classificou os impactos da covid-19 como "sem precedentes", o montante a ser mobilizado para a retomada econômica na Europa deve ser de 1 trilhão de euros e será proposto um aumento no espaço orçamentário da UE.

"Hoje todos concordamos em trabalhar em um fundo de recuperação específico dedicado à crise da covid-19, necessário e urgente, grande o suficiente para lidar com a extensão da crise e direcionado aos setores e partes geográficas mais afetados da Europa", disse o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, em coletiva de imprensa após a reunião.

A presidente da Comissão Europeia explicou que o fundo terá quatro pilares: aumento do apoio financeiro ao investimento, transformação digital e ambiental, aumento das ferramentas de resposta à crise e apoio aos países que compõem o bloco. Segundo von der Leyen, a recuperação no continente não será simétrica e será preciso encontrar um equilíbrio entre subsídios e empréstimos. Para Michel, é necessário um mercado comum em "pleno funcionamento" e coordenação para a retirada gradual das medidas de isolamento social.

De acordo com os líderes do Conselho Europeu, houve acordo sobre a estrutura e a necessidade do fundo de recuperação, porém haverá mais debates nos próximos dias. Segundo von der Leyen, os países da UE já distribuíram 1,8 trilhão em ajuda estatal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade