Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

'BC me disse que prioridades são a autonomia e a Lei Cambial', diz Maia


postado em 18/02/2020 14:22

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira, 18, que a casa vai tentar votar as autonomia do Banco Central e a Lei Cambial até julho. "O BC me disse que prioridades são a autonomia e a Lei Cambial. Vamos tentar votá-las até julho", comentou Maia, que participou de evento do Banco BTG Pactual, em São Paulo.

No entanto, segundo Maia, o governo federal precisa definir suas prioridades para suas agendas.

Maia também reclamou do tempo que gasta pra criar maiorias em torno de projetos que o governo envia à Câmara. "Como o Bolsonaro não tem maioria, gasto boa parte do meu tempo tentando criar essa maioria", queixou-se o deputado, emendando que no governo de Michel Temer, como o emedebista tinha maioria, esse trabalho de articulação que faz hoje lhe era poupado. "Com Temer tinha mais tempo livre para trabalhar as agendas que já tinham maioria".

Contudo, de acordo com Maia, apesar de maior, o trabalho de se formar maioria confere maior independência e poder ao Congresso.


Publicidade