Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Bolsonaro diz que agirá de forma pragmática em encontro de líderes do Mercosul

Ideia do presidente é 'não brigar', mesmo com 'guinada para a esquerda' da Argentina após eleição de Alberto Fernandez; cúpula acontece amanhã em Bento Gonçalves (RS)


postado em 04/12/2019 12:31 / atualizado em 04/12/2019 14:12

Bolsonaro ao lado do presidente da Argentina, Mauricio Macri, durante a passagem da presidência pro tempore do Mercosul para o Brasil(foto: Alan Santos/PR)
Bolsonaro ao lado do presidente da Argentina, Mauricio Macri, durante a passagem da presidência pro tempore do Mercosul para o Brasil (foto: Alan Santos/PR)
O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que agirá de forma pragmática no encontro de líderes do Mercosul, na quinta-feira, 5, em Bento Gonçalves (RS). Segundo ele, ainda que a Argentina tenha dado "guinada para a esquerda" com a eleição de Alberto Fernández, a ideia não é "brigar".

"A gente vai no pragmatismo. Brigando, a Argentina perde muito mais. Mas não quero perder, não. Não quero perder nenhum dedinho. E vamos continuar fazendo negócio", disse Bolsonaro.

Bolsonaro afirmou que os países do bloco devem "honrar contratos" para não perderem a credibilidade. Segundo o presidente, durante o evento poderá ser assinado um acordo automotivo com o Paraguai.


Publicidade