Publicidade

Estado de Minas

Município produtor de banana em Minas vai lançar marca coletiva para produção

Ideia encabeçada pela Associação dos Produtores de Banana de Delfinópolis (Adelba) traz benefícios tanto para os consumidores quanto para os produtores


postado em 31/05/2019 18:19 / atualizado em 31/05/2019 19:56

(foto: Abanorte/Divulgacao )
(foto: Abanorte/Divulgacao )

Minas é o terceiro maior produtor de banana do país, ficando atrás apenas de Bahia e de São Paulo, primeiro e segundo colocados, respectivamente. Atualmente, o estado participa com 11% de toda a demanda da fruta, com produção de 760 mil toneladas, segundo dados do Instituto brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e disponibilizados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

Para ajudar a melhorar a produção e garantir mais qualidade e identificação com o consumidor, Delfinópolis, no Sul do estado, vai lançar uma marca coletiva.


A ideia encabeçada pela Associação dos Produtores de Banana de Delfinópolis (Adelba) traz benefícios tanto para os consumidores quanto para os produtores, segundo afirmou o presidente da associação, Marcelo Lemos Rusisca. “O projeto, em parceria com o Sebrae, também visa capacitar os produtores e aprimorar o produto, para atender os grandes centros de consumo”, afirmou.


O conceito de marca coletiva é usado para identificar produtos e serviços provindos de integrantes de determinada entidade. No caso do município do interior do estado, os principais mercados consumidores da bana produzida por lá são Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Atualmente, o município produz cerca de 80 mil toneladas. A atividade é a principal fonte de receita e maior geradora de empregos.


Ainda segundo o presidente da Associação, a produção vem enfrentando desafios nos últimos anos e apontando para a queda da produção, o que exige ainda mais dos produtores. “Isso faz com que o produtor tenha que se readequar, profissionalizando-se ainda mais para atender às exigências que são impostas pelo mercado consumidor atual”, declarou.


Entre os dias 5 e 8 de junho ocorre na cidade a “Terceira Feira da Banana de Delfinópolis”, onde a marca coletiva será lançada.


Ainda sobre a produção da fruta em Minas, os dados disponibilizados pela Secretaria de Agricultura mostram que o Norte de Minas é a principal região produtora com quase 380 mil toneladas, seguida pelo Sul, com 175.896 toneladas, e o Triângulo com pouco mais de 63 mil toneladas. Os números ainda datam de 2017, último ano com censo da produção divulgado.


Segundo a analista do Sebrae Minas Fabiana Rodrigues Rocha, Delfinópolis é hoje o segundo maior produtor de banana do Estado de Minas Gerais. “O Sebrae apoia a bananicultura no município há cinco anos e este momento, do lançamento da marca coletiva, é muito importante para o desenvolvimento do setor”, afirma a analista.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade