Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Castello Branco: Petrobras está em paridade de preços com mercado internacional


postado em 17/04/2019 21:01

A Petrobras está praticando preços em paridade com o mercado internacional, afirmou nesta quarta-feira, 17, o presidente da companhia, Roberto Castello Branco, ao contrário do que afirmam os importadores de diesel no Brasil. Segundo o executivo, o preço na bomba está 12% abaixo de uma média de 65 países estudados, mas para a Petrobras, nas refinarias, não existe defasagem.

"Ontem (terça) o ministro (de Minas e Energia, Bento Albuquerque) foi mal entendido. É na bomba que o Brasil está com preço 12% menor. A Petrobras está em paridade com o mercado internacional", explicou Castello Branco em referência a críticas de importadores de diesel, que acusam a estatal de praticar preços abaixo da paridade internacional.

"De 2011 a 2014 a Petrobras não seguiu a paridade internacional e teve perda de US$ 40 bilhões, que impactou todos nós, e provocou a falência de mais de uma centena de usinas de etanol, isso é ser contra o interesse do povo brasileiro", disse o executivo.

Ele disse que agora a Petrobras tem total independência para fazer seus ajustes e que os próximos passos são vender refinarias, para acabar com o monopólio do refino, e que também pretende buscar eliminar o monopólio do gás. "Eu já reclamei da solidão do refino, sou totalmente contra monopólios", afirmou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade