Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Bolsonaro queria ir a Argentina, mas não pôde viajar, diz Temer


postado em 30/11/2018 12:52

O presidente da República, Michel Temer, disse nesta sexta-feira, 30, em reunião informal de líderes do Brics, que ocorre em Buenos Aires antes do encontro de líderes do G-20 na Argentina, que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), desejaria estar presente no evento, mas que não pôde viajar.

Ainda que houvesse a expectativa e o convite por parte de Temer, Bolsonaro já havia dito que não poderia ir à reunião do G-20 por estar se recuperando do atentado que sofreu ainda durante a campanha.

"Em nome de Bolsonaro, transmito os cumprimentos a vocês (líderes dos Brics). Ele terá grande prazer em recebê-los no próximo ano, quando ocorrerá a cúpula do Brics no Brasil", disse Temer.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade