Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Rodrigo Garcia: urgência para autonomia do BC pode ser aprovada nesta terça


postado em 20/11/2018 16:24

O requerimento para que os deputados analisem com urgência o projeto de lei que trata sobre a autonomia do Banco Central pode ser aprovado nesta terça-feira, 20, pelo plenário, segundo o líder do DEM na Câmara, o vice-governador eleito de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM-SP). Isso significa dar mais agilidade à votação do projeto.

Os deputados estão reunidos no gabinete da presidência da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tratando das pautas do dia. Ao deixar a reunião, antes do seu término, disse que o acordo para a aprovação do requerimento ainda não estava formado, mas que caminhava para o entendimento.

O projeto estabelece mandatos fixos de quatro anos para o presidente e os oito diretores da instituição, a partir de 1º de março de 2020. O substitutivo do deputado federal Celso Maldaner (MDB-SC), que é relator da proposta na Câmara, prevê o mandato de quatro anos do presidente e dos diretores que poderá ser renovado por mais quatro anos, uma única vez. Além disso, o presidente do BC sempre tomará posse no segundo ano do mandato do presidente da República, como forma de prevenir a instabilidade econômica durante o período eleitoral.

No último dia 7, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, fez uma visita fora da sua agenda oficial para pedir aos líderes da Câmara dos Deputados que avancem, ainda este ano, com o projeto em tramitação que trata sobre a autonomia da instituição.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade