Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Expectativa para Selic no fim de 2018 permanece em 6,50% ao ano no Focus, diz BC


postado em 29/10/2018 10:34

À espera da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, nesta semana, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica) para o fim de 2018 e de 2019.

O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 29, que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,50% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic em 2019 permaneceu em 8,00% ao ano, igual ao verificado há quatro semanas.

No caso de 2020, a projeção para a Selic passou de 8,25% para 8,00% e, para 2021, permaneceu em 8,00%. Há um mês, os porcentuais projetados eram de 8,19% para 2020 e 8,00% para 2021.

Em setembro, o Copom anunciou a manutenção, pela quarta vez consecutiva, da Selic em 6,50% ao ano. Ao mesmo tempo, a instituição sinalizou que, caso o cenário apresente piora, a taxa poderá começar a subir, de forma gradual.

Esta mensagem foi reiterada na ata do Copom e no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgados no fim de setembro. Na próxima quarta-feira, 31, o Copom anunciará o novo patamar da Selic.

Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a mediana da taxa básica em 2018 seguiu em 6,50% ao ano, igual ao verificado um mês antes.

No caso de 2019, a projeção do Top 5 para a Selic foi de 7,75% para 7,88%, ante 7,63% de quatro semanas atrás. No caso de 2020, seguiu em 8,25% e, para 2021, permaneceu em 8,00%. Há um mês, estavam em 8,00% para 2020 e 2021.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade