Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

BNDES e Bird assinam memorando para desenvolver infraestrutura


postado em 06/09/2018 19:28

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Mundial (Bird) assinaram em Washington, nesta quinta-feira, 6, um memorando de entendimento que cria bases para a atuação conjunta das duas instituições no desenvolvimento de instrumentos financeiros para infraestrutura, um dos maiores gargalos do Brasil.

O documento foi firmado pelo presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, e o vice-presidente para América Latina e Caribe do Banco Mundial, Jorge Familiar. O presidente do BNDES está na capital americana para participar da 22ª edição da Conferência Anual do CAF (Banco de Desarrollo de América Latina).

"A partir do memorando, abrem-se várias possibilidades de atuação em comum com Banco Mundial: poderemos ter fundos de infraestrutura em conjunto; poderemos atuar como co-financiadores do mesmo projeto. Vamos ter, por exemplo, ações coordenadas de compra de debêntures de infraestrutura", afirmou, em nota, o presidente do BNDES, que se reuniu, também nesta quinta, com o presidente do Bird, Jim Yong Kim.

Ainda segundo Oliveira, o acordo assinado está alinhado a uma série de outras iniciativas do BNDES em parceria com organismos multilaterais - como o próprio Banco Mundial, BID e a CAF -, para criação de fundos de investimento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade