Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

BNDES confirma pagamento antecipado de R$ 30 bi ao Tesouro Nacional


postado em 21/08/2018 12:47

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, confirmou nesta terça-feira, 21, que a instituição de fomento fez o pagamento antecipado de mais R$ 30 bilhões ao Tesouro Nacional nesta semana, última parcela da devolução total de R$ 130 bilhões para 2018, como pedido no ano passado pelo Ministério da Fazenda.

Segundo Oliveira, nos últimos anos, o BNDES devolveu antecipadamente ao Tesouro valor equivalente a 5% do Produto Interno Bruto (PIB). Na semana passada, o BNDES anunciou a devolução de R$ 40 bilhões. Com as devoluções deste ano, o banco de fomento terá devolvido, desde dezembro de 2015, R$ 340 bilhões da dívida total com a União.

"É uma contribuição importante do BNDES para a saúde financeira das contas públicas", afirmou Oliveira, ao deixar audiência pública sobre transparência nas ações do BNDES.

Com a renegociação de toda a dívida com a União, antecipada pelo Estadão/Broadcast, o BNDES encurtou o prazo da dívida de 2060 para 2040 e estabeleceu um cronograma de pagamentos ano a ano. Em 2019, o banco de fomento devolverá mais R$ 26 bilhões.

Segundo Oliveira, a renegociação, aprovada pelo Conselho de Administração do banco de fomento no mês passado, ainda precisa de aval final do Ministério da Fazenda e do Tribunal de Contas da União (TCU), mas o presidente da instituição disse não crer em mudanças no acordo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade