Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

IPC-S sobe 0,17% em julho após alta de 1,19% em junho, revela FGV


postado em 01/08/2018 08:37

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) subiu 0,17% em julho, em forte desaceleração após a taxa de 1,19% apurada em junho, conforme a Fundação Getulio Vargas (FGV), refletindo a normalização da oferta de produtos após a greve dos caminhoneiros ter provocado um repique de preços. Com o resultado, o IPC-S acumula avanços de 3,17% no ano e de 4,22% em 12 meses.

O resultado mensal do IPC-S, divulgado na manhã desta quarta-feira, dia 1º, ficou abaixo da mediana de 0,24% obtida em pesquisa do Projeções Broadcast com instituições do mercado, mas dentro do intervalo de 0,08% a 0,31%.

Na comparação com a terceira quadrissemana de junho também houve arrefecimento do indicador, já que a taxa de variação naquela leitura havia sido de 0,38%.

No período, sete das oito classes de despesas desaceleraram: Alimentação (-0,21% para -0,61%), Habitação (1,34% para 1,08%), Educação, Leitura e Recreação (0,78% para 0,42%), Transportes (0,13% para 0,00%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,31% para 0,27%), Comunicação (0,32% para 0,24%) e Despesas Diversas (0,06% para 0,05%).

Já o grupo Vestuário, com variação de -0,91% para -0,64%, foi o único que acelerou o ritmo de seus preços entre a terceira quadrissemana e a quarta medição de julho, informou a FGV.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade