Publicidade

Estado de Minas

McDonald´s decide parar de entregar canudo de plástico aos clientes

Canudinho será entregue somente mediante solicitação do cliente. A campanha contra o uso do produto já tem outros adeptos, como a Starbucks


postado em 27/07/2018 14:49 / atualizado em 30/07/2018 14:51

(foto: Mcdonald´s/Divulgação)
(foto: Mcdonald´s/Divulgação)

Sabe aquele canudo plástico descartável que costuma vir junto com uma bebida? Recentemente seu uso vem sendo questionado devido aos impactos ambientais. E a campanha contra o uso de canudinhos de plástico, aos poucos, ganha mais adeptos. Nesta sexta-feira, a rede de fast-food McDonald’s anunciou que vai entregar canudos apenas aos clientes que pedirem.

A Arcos Dorados, fraqueada do McDonald’s que administra as unidades no Brasil e América Latina, informou que essa prática será implementada primeiro no Brasil e, nos próximos meses, se estenderá aos demais países da América Latina e Caribe em que a franqueada opera. Segundo a empresa, a decisão de parar de entregar canudos de maneira voluntária aos clientes reforça o compromisso da empresa com a sociedade e o meio ambiente, promovendo melhorias contínuas as suas embalagens.

A implementação ocorrerá ao longo do mês de agosto, mas segundo a franqueada os gestores dos restaurante já começaram a receber orientações nesta sexya-feira. A franqueada de lanches declarou ainda que utiliza embalagens de fontes renováveis, recicladas ou certificadas até 2025, em todos os seus restaurantes.

Em junho, o McDonald’s anunciou a intenção de tirar de circulação de suas lojas do Reino Unido a opção feita com plástico. A franquia brasileira não informou se pretende substituir os canudos de plástico por produtos de outro material.

Outras empresas também já aderiram ao movimento. No início do mês, a Starbucks anunciou que até 2020 deixará de usar o acessório em todas as 28 mil lojas no mundo. No Brasil, quem já aderiu à novidade foi a cidade do Rio de Janeiro, por meio de uma lei municipal sancionada na semana passada pelo prefeito Marcelo Crivella. Bares, restaurante e quiosques só poderão oferecer canudos de papel reciclável.

Por que evitar canudos descartáveis?


Apesar de ter uma vida útil de aproximadamente 10 minutos – tempo médio que se gastaria para tomar um refrigerante – o canudo de plástico demora cerca de 200 anos para se decompor na natureza. Boa parte desse material acaba indo para os mares e, além da poluição, causa a morte de várias espécies.

Em 2015, o vídeo de uma tartaruga com um canudinho entalado em suas narinas viralizou na internet, e deu forças à campanha contra o canudinho. A rainha da Inglaterra, Elizabeth II, inclusive, decidiu proibir produtos de plástico em todo o Reino Unido.

Entre as opções que surgiram para substituir o produto estão a que usa papel, vidro, aço e bambu no lugar da matéria-prima obtida do petróleo.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade