Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Suzano leva em leilão terminal em Porto de Itaqui com outorga de R$ 100 mil


postado em 27/07/2018 10:26

A Suzano Papel e Celulose, representada pela CNN Solution A97 Participações, levou o terminal de celulose no Porto de Itaqui (MA), leiloado nesta sexta-feira, 27, na B3, ao ofertar um valor de outorga de R$ 100 mil. A companhia foi a única proponente do certame, que também previa a oferta de outros dois terminais, no Porto de Paranaguá, mas para os quais não houve lances.

O terminal de celulose em Itaqui, de 53.545 m2, é voltado especificamente para carga geral de papel e celulose e terá contrato de 25 anos prorrogável por até 70 anos. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 214,873 milhões e incluem um desvio ferroviário e um acesso marítimo por meio do berço 99 do porto.

Outros dois terminais que estavam previstos para serem leiloados, no Porto de Paranaguá, estão voltados para movimentação de papel e celulose (PAR01) e outra de veículos (PAR12). O primeiro ocupa uma área de 27.530 m2 e o prazo do contrato é de 20 anos, prorrogável por até 70 anos, com obrigação de investimentos de R$ 87,002 milhões no terminal. Já o PAR12 é constituído de área de 170.200 m2, com prazo de contrato de 18 anos, prorrogável por até 70 anos, e tem investimentos previstos de R$ 80,104 milhões em equipamentos e edificações a serem utilizados nas operações de embarque e desembarque.

O baixo retorno embutido no contrato de arrendamento é uma das razões apontadas para a ausência de investidores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade