Publicidade

Estado de Minas

Xi Jinping faz críticas a medidas protecionistas dos EUA em cúpula dos Brics


postado em 25/07/2018 14:12

Johannesburgo, 25 - O presidente da China, Xi Jinping, disse nesta quarta-feira que o mundo enfrenta "uma escolha entre cooperação e confronto" em meio a uma guerra comercial com os Estados Unidos, sobre a qual ele alertou que não haverá vencedor. "Aqueles que buscam hegemonia econômica só irão acabar se machucando", disse Xi durante o encontro anual dos Brics.

"Unilateralismo e protecionismo estão aumentando, dando um duro golpe ao multilateralismo e ao regime multilateral de comércio", acrescentou ele, criticando a escalada tarifária promovida pelos EUA contra produtos chineses e outros parceiros comerciais. Apenas algumas horas antes, o presidente americano, Donald Trump, acusou a China de táticas "viciosas" no âmbito comercial, ao tuitar que a China estava se direcionando especificamente aos agricultores americanos com tarifas retaliatórios porque "eles sabem que eu os amo e os respeito".

De acordo com Xi Jinping, "a atual ordem internacional não é perfeita", mas não deve ser descartada "desde que seja baseada em regras, seja equitativa e busque resultados com ganhos mútuos como seus objetivos". Durante o encontro dos Brics, ele disse, ainda, que está "diante de uma escolha entre cooperação e confronto, entre abertura e uma política de portas fechadas".

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, também expressou preocupação com "o aumento de medidas unilaterais que são incompatíveis com as regras da Organização Mundial da Comércio (OMC)" e são especialmente prejudiciais para países em desenvolvimento. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade