Publicidade

Estado de Minas

Tarifas e barreiras destroem fazendeiros de soja americanos, diz Trump


postado em 11/07/2018 10:18

São Paulo, 11 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que trabalha para garantir condições justas aos fazendeiros dos Estados Unidos. Segundo ele, esses profissionais são prejudicados por "barreiras e tarifas" de outras nações. O líder americano tratou do assunto durante sua presença na Bélgica para reunião de cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

"Estou em Bruxelas, mas sempre pensando nos nossos fazendeiros. Os [preços] da soja caíram 50% desde 2012 até minha eleição. Os fazendeiros se saem mal há 15 anos", disse Trump em sua mensagem. "Barreiras e tarifas comerciais de outros países têm destruído nossos negócios. Eu abrirei mercados, melhor do que nunca antes, mas isso não pode ocorrer muito rapidamente. Estou lutando por condições de disputa justas para nossos fazendeiros e nós iremos vencer!".

Em mensagem de ontem, Trump já havia reclamado que a União Europeia "impossibilita" que fazendeiros, trabalhadores e empresas dos EUA façam negócios no continente. Além disso, ele voltou a dizer que seu país enfrenta um custo com defesa injusto no âmbito da Otan, que deve ser mais bem distribuído.

(Gabriel Bueno da Costa)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade