Publicidade

Estado de Minas

Reservas da China têm leve alta inesperada em junho e atingem US$ 3,112 trilhões


postado em 09/07/2018 05:12

Pequim, 09 - As reservas internacionais da China tiveram um ligeiro aumento inesperado em junho, contrariando a previsão de economistas de que o enfraquecimento recente do yuan incentivaria empresas e indivíduos a transferir recursos para o exterior.

Dados publicados pelo banco central chinês (PBoC) mostram que as reservas da China - as maiores do mundo - subiram US$ 1,5 bilhão no mês passado, a US$ 3,112 trilhões, depois de caírem US$ 14,23 bilhões em maio e US$ 17,97 bilhões em abril.

Analistas consultados pelo The Wall Street Journal haviam previsto uma nova queda nas reservas em junho, de US$ 10 bilhões.

O regulador de câmbio chinês, conhecido como Safe, atribuiu o último resultado ao dólar mais forte e a oscilações nos preços de ativos.

"As reservas da China deverão se manter estáveis em meio às flutuações", disse a Safe em comunicado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade