Publicidade

Estado de Minas

Entrada de dólares supera saída em US$ 23,473 bi no ano até 22 de junho, diz BC


postado em 27/06/2018 13:36

Brasília, 27 - O fluxo cambial do ano até o dia 22 de junho ficou positivo em US$ 23,473 bilhões, informou nesta quarta-feira, 27, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 6,501 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 22 de junho foi de US$ 5,599 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 252,530 bilhões e de envios no total de US$ 258,129 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 22 de junho ficou positivo em US$ 29,072 bilhões, com importações de US$ 75,571 bilhões e exportações de US$ 104,642 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 18,329 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 27,258 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 59,055 bilhões em outras entradas.

Junho

O País registra fluxo cambial positivo de US$ 4,657 bilhões em junho até o dia 22, informou o Banco Central. Em maio, houve entrada líquida de US$ 1,753 bilhão.

O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 2,532 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 34,899 bilhões e de retiradas no total de US$ 32,368 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de junho até o dia 22 é positivo em US$ 2,125 bilhões, com importações de US$ 11,349 bilhões e exportações de US$ 13,474 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,920 bilhão em ACC, US$ 5,211 bilhões em PA e US$ 6,344 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial registrado de 18 a 22 de junho ficou negativo em US$ 101 milhões, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 766 milhões, resultado de aportes no valor de US$ 9,126 bilhões e de envios no total de US$ 9,891 bilhões.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 665 milhões, com importações de US$ 2,930 bilhões e exportações de US$ 3,595 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 479 milhões em ACC, US$ 1,100 bilhão em PA e US$ 2,016 bilhões em outras entradas.

(Fabrício de Castro)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade