Publicidade

Estado de Minas

Piloto do novo crediário deve começar no 4º trimestre, aponta Abecs


postado em 13/06/2018 15:48

São Paulo, 13 - O presidente da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), Fernando Chacon, informou que um projeto piloto do novo crediário terá início no último trimestre deste ano. "Será modesto. O novo crediário ganhará escala em 2019", disse ele, durante o CIAB, promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

De acordo com Chacon, o novo crediário estará disponível nas máquinas que capturam transações com cartão (POS, na sigla em inglês) e chegará ao mercado a juros "extremamente competitivos". Ele afirmou ainda que o foco do novo produto, apresentado ao Banco Central como uma alternativa para reduzir o prazo de pagamento ao lojista, não visa a substituir nenhuma outra solução como, por exemplo, o parcelado sem juros, mas contribuir para um novo salto do mercado de pagamentos no País, endereçando uma demanda dos lojistas.

O novo crediário deve beneficiar, conforme Chacon, principalmente os pequenos lojistas.

Também presente, o presidente da GetNet, Pedro Coutinho, afirmou que esses estabelecimentos não conseguem hoje oferecer parcelamentos longos aos seus clientes, o que será possível com o novo crediário.

O novo crediário já nascerá, conforme a proposta dos bancos ao BC, com tempo de pagamento de, no máximo, cinco dias. Como esse tende a ser o prazo limite, a ideia é que o produto estimule a concorrência no segmento de cartões.

(Aline Bronzati)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade