Publicidade

Estado de Minas

Cade aprova criação de joint venture para plataforma de financiamento aberta


postado em 12/06/2018 12:54

Brasília, 12 - A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a criação de uma joint venture envolvendo o ABN AMRO Bank N.V., ING Bank N.V., Société Générale S.A., BNP Paribas S.A., CA Indosuez (Switzerland) SA, Banco Citibank S/A, Macquarie Bank Limited, MUFG Bank, Ltd., Rabobank Frontier Ventures B.V., Shell Trading Rotterdam B.V., Mercuria Energy Group Holding S.A, NATIXIS SA e SGS SA. Segundo o Cade, o setor envolvido é de soluções de financiamento para comercialização de commodities ofertadas por plataformas de financiamento abertas.

"A operação consiste na criação, pelas requerentes (com participação minoritária de 7,7% cada) de uma joint venture greenfield ("JV"ou"FinCo") para desenvolver uma Plataforma de Financiamento Aberta (Open Financing Platform - "OFP"), servindo como uma interface entre instituições financeiras que oferecem soluções de Financiamento para Comercialização de Commodities (Commodity Trade Finance - "CTF") de um lado e, de outro, plataformas de comercialização ou traders, que tenham como objetivo o financiamento de commodities (a "Operação")", diz o parecer do Cade.

Segundo o documento, as requerentes afirmam que a operação é uma oportunidade para os agentes do mercado de CTF e que a JV será uma interface eficiente entre plataformas internacionais de comercialização de commodities, traders e instituições financeiras para permitir que clientes tenham acesso a serviços financeiros e expertise.

(Sandra Manfrini)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade