Publicidade

Estado de Minas

BNDES adia leilão da Lotex de 14 de junho para 4 de julho


postado em 01/06/2018 09:36

Brasília, 01 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) adiou de 14 de junho para o dia 4 de julho a data de realização do leilão de concessão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), hoje gerida pela Caixa. O aviso da prorrogação está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, dia 1º.

Com isso, os pedidos de esclarecimentos sobre leilão poderão ser feitos até 6 de junho e a entrega das propostas e dos outros documentos para participação no leilão ficará para o dia 25 de junho.

A venda da Lotex, com outorga mínima de R$ 542 milhões, pode mais que dobrar o tamanho do mercado de loterias no Brasil, disse o secretário de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria do Ministério da Fazenda, Alexandre Manoel Angelo da Silva, ao

Broadcast

, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, em abril.

Segundo ele, as quatro maiores empresas de loteria do mundo - IGT, Scientific Games, Tactics e Intralot - já demonstraram ao governo a intenção de participar da operação de venda da loteria, que ocorrerá na B3, em São Paulo.

O secretário destacou também que o governo tem o monopólio do setor de loteria instantânea (as raspadinhas) desde 1962 e a venda da Lotex deve estimular a competição.

(Luci Ribeiro)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade