Publicidade

Estado de Minas

Quase 80% dos empresários catarinenses foram afetados pela greve


postado em 30/05/2018 17:24

Uma sondagem com empresários do comércio, serviços e turismo em Santa Catarina, divulgado pela Fecomércio nesta quarta-feira, 30, aponta que a greve dos caminhoneiros afetou 79,2% das atividades do setor.

Através de um questionário, a federação realizou seis perguntas para empresários dos municípios de Balneário Camboriú, Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joaçaba, Joinville, Lages, Laguna e Rio Negrinho.

O movimento afetou 79,2% dos empresários entrevistados. Os segmentos mais afetados foram postos de gasolina, aonde 90% do combustível não chegou, material de construção (70%) e transporte intermunicipal (67,5%).

A variação de faturamento no comércio, serviços e turismo das empresas apresentou uma queda estimada em 32,4%. Os impactos foram bastante significativos no setor de hotéis (-86,0%) e atacado (-41,4%). Por outro lado, a queda foi menor nas farmácias (-10%).

(Fábio Bispo, especial para a AE)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade