Publicidade

Estado de Minas

Superávit comercial da zona do euro sobe a 23,8 bi de euros em dezembro


postado em 15/02/2018 08:24

Bruxelas, 15 - As exportações de produtos da zona do euro para o restante do mundo avançaram pelo segundo mês consecutivo em dezembro, um sinal de que a valorização do euro frente a outras moedas principais ainda não afeta o crescimento econômico. Após ajustes sazonais, as exportações cresceram 1,7% em dezembro ante novembro, enquanto as importações subiram 0,9%, informou a agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, nesta quinta-feira.

Como resultado, as exportações superaram as importações em 23,8 bilhões de euros (US$ 29,6 bilhões). O superávit comercial foi, com isso, maior que o de 22 bilhões de euros de novembro. Sem ajustes sazonais, o superávit diminuiu a 25,4 bilhões de euros, de 27,6 bilhões de euros em dezembro de 2016.

A economia da zona do euro registrou um 2017 surpreendentemente forte, com crescimento no ritmo mais forte desde 2007. Em resposta, o Banco Central Europeu (BCE) no mês passado cortou pela metade suas compras de bônus no âmbito de um programa de estímulos. Investidores avaliam cada vez mais que esse programa irá terminar mais adiante neste ano.

Como isso reduz a oferta de novos euros, a moeda tem se valorizado em geral ante o dólar nos últimos meses. O fato representa uma ameaça para as empresas exportadoras da região, já que torna seus produtos mais caros para os compradores. Mas, conforme 2017 se aproximava do fim, a crescente demanda diante da força econômica global parece ter compensado qualquer perda com o câmbio.

Em todo o ano de 2017, o superávit comercial da zona do euro diminuiu levemente, para 238,1 bilhões de euros, de 265,2 bilhões de euros em 2016. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade