Publicidade

Estado de Minas

China exporta e importa mais do que se previa em janeiro


postado em 08/02/2018 04:18

Pequim, 08 - As exportações e importações da China apresentaram crescimento de dois dígitos em janeiro, refletindo sólida demanda tanto externa quanto doméstica, embora tenham sido provavelmente influenciadas pelo feriado do ano-novo lunar.

No mês passado, as exportações chinesas medidas em dólares tiveram expansão anual de 11,1%, depois de subirem 10,9% em dezembro, segundo dados da Administração Geral de Alfândega do país. O resultado, que marcou o 11º mês consecutivo de aumentos, superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo de 10,2% nas exportações.

As importações da China, por sua vez, saltaram em janeiro 36,9% ante igual mês do ano passado, após subirem em ritmo relativamente mais modesto de 4,5% em dezembro. A projeção do mercado era de ganho significativamente menor, de 9,2%.

Já o superávit comercial da China diminuiu para US$ 20,34 bilhões em janeiro, de US$ 54,69 bilhões em dezembro. O saldo positivo ficou bem abaixo da projeção da Trading Economics (+US$ 45 bilhões) e também da previsão do WSJ (+US$ 56,4 bilhões).

O período em que ocorre o feriado do ano-novo lunar, que caiu em janeiro no ano passado e será em fevereiro este ano, normalmente distorce os dados da balança comercial do primeiro bimestre. Antes da divulgação do indicador, analistas previam que o avanço das exportações seria sustentado pelo maior número de dias úteis de janeiro de 2018 em comparação ao mesmo mês do ano passado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade