Publicidade

Estado de Minas

Ilan defende aprovação da reforma enquanto cenário externo continua favorável


postado em 30/01/2018 12:00

São Paulo, 30 - O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, defendeu nesta terça-feira, 30, a aprovação da reforma da Previdência "o mais cedo possível" para que o Brasil não fique vulnerável ao fim do ambiente internacional benigno. Ao participar de seminário do Credit Suisse, em São Paulo, ele citou o cenário internacional favorável, em conjunto com as reformas já feitas pelo governo, entre os motivos que têm alimentado o apetite dos investidores pelo Brasil e permitido a valorização dos ativos.

Apesar disso, lembrou que o quadro externo pode não se manter tão benigno ao longo do tempo.

"Temos que aprovar a reforma da Previdência enquanto o cenário externo está favorável. Não podemos nos colocar em situação vulnerável", disse o presidente do BC, acrescentando que as mudanças nas regras das aposentadorias, em paralelo a outras medidas de ajuste das contas públicas, ajudarão a diminuir a curva de juros futuros.

(Eduardo Laguna e Altamiro Silva Junior)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade