Publicidade

Estado de Minas

Taxas para empresas mantêm mesmo nível


postado em 16/09/2017 08:43

Brasília, 16 - O spread - diferença entre o custo de captação de recursos pelos bancos e o que é efetivamente cobrado do cliente nas operações de crédito - pouco tem reagido no caso das pessoas jurídicas. Os números do Banco Central (BC) mostram que o spread em operações com recursos livres para empresas está estável em 2017, nos 16,7 pontos porcentuais.

No caso das famílias, o spread já caiu 5,7 pontos porcentuais, para 54,5 pontos porcentuais. "Nesse ponto, não vemos maior flexibilização do lado dos bancos", disse o economista Bruno Lavieri, da 4E Consultoria.

As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

(Fabrício de Castro)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade