Publicidade

Estado de Minas

BoJ mantém política monetária inalterada


postado em 07/08/2015 06:13

Tóquio, 07 - O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) manteve inalterada a sua política monetária e afirmou que a economia do país "continua a se recuperar moderadamente". A instituição também elevou a sua previsão sobre o investimento em habitação.

Por 8 votos a 1, o BoJ manteve inalterado o volume anual do programa de compras de ativos em 80 trilhões de ienes, decisão que veio em linha com a expectativa dos analistas. Como ocorreu em encontros anteriores, o único dirigente contrário à manutenção do volume atual foi Takahide Kiuchi, que mais uma vez sugeriu reduzir o programa para 45 trilhões de ienes anuais.

A decisão de manter inalteradas a sua política monetária e sua avaliação global ocorre apesar dos sinais de problemas na economia e do ceticismo em relação ao plano do presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, que quer que a inflação chegue a 2% no outono de 2016.

Mesmo com o apoio monetário do banco central, a economia provavelmente contraiu cerca de 2%, em termos anualizados, no trimestre entre abril e junho, por causa do consumo e das exportações mais fracas, de acordo com economistas do setor privado. Enquanto isso, indicador da inflação mais acompanhado do Japão, conhecido como o núcleo do índice de preços ao consumidor, está em 0,1% e poderia entrar em território negativo.

Apesar disso, o BoJ também manteve sua projeção de que a inflação pode se contrair, mas que vai começar a subir em breve, à medida que os efeitos da queda acentuada dos preços globais do petróleo se dissipem. Fonte: Dow Jones Newswires.


Publicidade