Publicidade

Estado de Minas

Semana do Peixe é lançada no estado do Rio


postado em 01/09/2013 17:53

Uma das mais tradicionais colônias de pescadores da cidade do Rio de Janeiro, a Z-13, sediada no Posto 6, na Praia de Copacabana, foi o local escolhido para o lançamento neste domingo no estado da 10ª Semana do Peixe. A campanha, promovida nacionalmente pelo Ministério da Pesca e Aquicultura - e que de fato é uma quinzena - vai até o próximo dia 15, com o objetivo de incentivar o consumo de pescado no Brasil.

Acompanhada do presidente da colônia de pesca, Pedro Marins, a superintendente do ministério no Rio de Janeiro, Suely Amaral, fez o lançamento, representando o ministro Marcelo Crivella, que não pôde comparecer. A movimentação nas barracas de venda de peixe da colônia atraiu não só compradores como muitos banhistas, que aproveitavam o domingo de sol na praia.

Segundo Suely Amaral, a campanha funciona como uma âncora, no segundo semestre, para o aumento do consumo de pescado, papel que no primeiro semestre é exercido pela Semana Santa. A população brasileira ainda consome menos pescado do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é pelo menos 12 quilos (kg)/ano por habitante. A média atual do país é 9 kg/ano por habitante e a meta do Ministério da Pesca é atingir, até o final de 2015, a recomendação da OMS.

“No ano passado, tivemos um aumento de 24% no consumo nos dias da Semana do Peixe no estado e este ano a meta é superar esse índice e conscientizar cada vez mais o consumidor”, disse a superintendente. “Teremos doações de pescado a comunidades, cursos de capacitação nas colônias de pescadores de todo o estado, estímulo à introdução de mais peixe no cardápio da merenda escolar e nas cozinhas comunitárias, e ainda contamos com a adesão voluntária dos restaurantes. Com maior consumo de peixe, os preços tendem a cair”, acrescentou.

As comunidades da Providência, no centro, e Mangueira, Salgueiro e Encantado, na zona norte, receberão 1 tonelada de pescado cada uma. Os cursos de capacitação serão oferecidos na colônia de Copacabana e em dois municípios onde a atividade pesqueira é importante: São Gonçalo, na região metropolitana, e Angra dos Reis, na Costa Verde.

Em Cabo Frio, onde o ministro Marcelo Crivella esteve ontem (31), para divulgar a Semana da Pesca, uma das atividades é um circuito gastronômico envolvendo nove restaurantes do Boulevard Canal, uma das atrações turísticas da cidade. Além da Semana do Peixe, o estímulo à realização de festivais gastronômicos de frutos do mar faz parte de um calendário da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, com o apoio do ministério, para promover o consumo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade