Publicidade

Estado de Minas

Eike recupera quase US$ 250 milhões em um dia e volta à lista de 100 mais ricos


postado em 08/02/2013 15:33 / atualizado em 08/02/2013 20:05

(foto: Reprodução Bloomberg)
(foto: Reprodução Bloomberg)

Eike Batista já voltou para o ranking dos cem bilionários mais ricos do mundo da Bloomberg, após reconquistar US$ 247,5 milhões em um dia pela alta de 1,89% nas ações da OGX Petróleo na Bovespa, na quinta-feira. Agora, o presidente-executivo da holding EBX, ocupa a 97ª posição, com fortuna estimada em US$ 11 bilhões. Na quarta, o megaempresário ocupava a 93ª posição, com US$ 11,4 bilhões.

O brasileiro melhor posicionado no ranking é Jorge Paulo Lemann, investidor controlador da Anheuser-Busch InBev, maior cervejaria do mundo, que permanece na 37ª posição, com fortuna avaliada em US$ 18,8 bilhões. Dirce Camargo, herdeira do grupo Camargo Correa, caiu para a 62ª posição, com fortuna estimada em US$ 14,2 bilhões, a segunda maior do Brasil. O terceiro mais rico o país é Joseph Safra, controlador do Banco Safra, com fortuna avaliada em US$ 11,6 bilhões, na 86ª posição.

Entre as maiores altas da bolsa nesta sexta-feira, está a MMX, uma das empresas do Grupo EBX - os papéis ordinários da mineradora subiram 1,58%, cotados a R$ 3,22, às 15h18 (horário de Brasília). No final do dia, as ações fecharam com alta de 1,89%. Já os papéis da OGX, principal empresa do grupo, chegou a registrar perda de 0,79%, mas fecharam o dia com alta de 1,32%, valendo R$ 3,83. Já a OSX, caiu 6,14%, para R$ 6,73 nesta sessão. Com isso, os papéis da empresa acumularam desvalorização de 23,52% na semana, e recuaram 36,81% desde o início deste ano. Ao todo, o brasileiro tem seis empresas listadas na Bovespa: OGX, MMX, MPX, OSX, LLX e CCX.




Publicidade