Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Em família

Clã Dolabela vai se encontrar no palco do Matriz


postado em 05/04/2019 05:07

Mutirão roqueiro: Marcelo Dolabela, Marcos Souza Lima (à frente); Aécio Ferreira e Max Dolabela (no meio); Ivan Dolabela e Lucas Brito (no fundo)(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press )
Mutirão roqueiro: Marcelo Dolabela, Marcos Souza Lima (à frente); Aécio Ferreira e Max Dolabela (no meio); Ivan Dolabela e Lucas Brito (no fundo) (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press )
As bandas Voo Alto e DuPrado dividirão o palco do Matriz, nesta sexta-feira (5), num show praticamente familiar. “Nosso repertório traz 10 canções próprias intercaladas com hits dos Rolling Stones, Beatles e Jimi Hendrix”, explica o guitarrista Max Dolabela, professor de técnica vocal e psicólogo. Ele se apresentará com o baixista Marcos de Souza Lima e o baterista Ivan Dolabela, seu irmão. “Será o primeiro de uma série de shows para lançamento do CD Portal”, diz Max.

“Voo Alto foi formado em 1976 e continua aí, firme. Da formação original, apenas o guitarrista foi trocado. Nossas músicas têm aquele estilo rock mais progressivo”, conta Max, que, em 2007, lançou o CD autoral Coletâneas. “As letras transmitem nossa preocupação ecológica, tentando alertar as pessoas para os caminhos errados que o mundo está tomando”, diz.

A música está no sangue do clã Dolabela. “Eu e meu irmão Ivan influenciamos nossos filhos, que se profissionalizaram e vivem apenas de música. Meu sobrinho André, pianista e compositor de música erudita, mora na Alemanha desde 2002. O outro, Ian, guitarrista, baixista e compositor de rock alternativo, faz parte da banda Estática. Esse grupo tem tocado no Brasil e no exterior”, conta.

O baterista Jean Dolabella, filho de Max, integrou o Sepultura por alguns anos. “Agora ele é da banda Ego Kill Talent, que está fazendo turnês no exterior. Para completar a veia musical da família, convidamos para tocar no show o sobrinho Marcelo, um dos fundadores do grupo mineiro DuPrado, que fechará a noite”, comenta o guitarrista do Voo Alto.

Criada em 2013, Du Prado reúne João Belini (voz), Marcelo Dolabela (guitarra), Paulo Henrique (bateria), Aécio Ferreira (baixo) e Lucas Brito (guitarra). “Além de uma canção autoral, Aquela terça, tocaremos clássicos do rock nacional, além de sucessos do Skank, Jota Quest, Rappa e Charlie Brown Jr.”, conclui Marcelo.

VOO ALTO E DU PRADO
Nesta sexta-feira (5), às 22h. Casa Cultural Matriz. Rua dos Guajajaras, 1.353, Barro Preto. Informações: (31) 3212-6122. Ingressos: R$ 20.


Publicidade