Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Carnaval e forró vão se encontrar no baile do bloco Pisa na Fulô

Bateria do grupo tem zabumba, triângulo e agogô de coco, além de tamborim e surdo. Festa para mil pessoas vai agitar este sábado


postado em 25/01/2019 05:07

Desfile do Pisa na Fulô é um dos mais animados de BH (foto: Bruna Brandão/divulgação)
Desfile do Pisa na Fulô é um dos mais animados de BH (foto: Bruna Brandão/divulgação)

Engana-se quem pensa que bateria de carnaval se limita a instrumentos típicos da folia – tamborim, surdo, cuíca, bumbo e caixa. Em Belo Horizonte, um grupo de percussionistas decidiu mesclar duas paixões nacionais: forró e carnaval. Assim nasceu o bloco Pisa na Fulô, que montou sua bateria com zabumba, triângulo e agogô de coco. Sábado (26), o 10º Baile do Pisa vai promover um “arrasta-pé carnavalesco” em BH.

“O bloco nasceu quando o grupo estava estudando os diferentes ritmos e se interessou pelo forró. Veio daí a ideia de juntar as duas coisas”, explica Drica Mitre, vocalista do Pisa na Fulô. Com quatro anos de trajetória, o Pisa, como é conhecido, cresceu muito em pouco tempo. A bateria, que no ano de fundação contava com cerca de 40 integrantes, já soma mais de 100.

Em 2018, o desfile do Pisa no carnaval de BH reuniu cerca de 70 mil foliões no Bairro Carlos Prates.

Com o intuito de arrecadar fundos para o bloco, os organizadores do Pisa na Fulô promovem o Baile do Pisa duas vezes por ano. “Costumávamos fazer no Necup, mas os ingressos sempre esgotavam. Desta vez, resolvemos procurar um lugar maior. Fechamos a parceria e vamos pro Catavento Cultural, onde cabem mil pessoas”, conta Drica. Além do baile, o grupo promove o Arraial do Pisa na época das festas de são-joão.

AUTORAL Assim como nas edições passadas, o 10º Baile do Pisa contará com a participação de artistas convidados. “A gente percebeu que o carnaval dá muito espaço para o trabalho autoral de cantores. Então chamamos aqueles que têm trabalhos assim no forró. Nath Rodrigues e o Everton Coroné vão participar neste sábado”, revela Drica.
A décima edição do baile terá uma novidade. O público poderá aproveitar a Feira de Mangaio para adquirir todos os tipos de adereços carnavalescos.

Além da bateria, Pisa na Fulô conta com harmonia caprichada, composta por três vocais, baixo e duas sanfonas. O repertório reúne clássicos de Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Geraldo Azevedo e Elba Ramalho, entre outros forrozeiros.

Com a percussionista Dani Ponce comandando a bateria, o Pisa está entre os blocos que vão fechar o carnaval de Belo Horizonte. O desfile ocorrerá na terça-feira à noite, no Bairro Carlos Prates.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria


10º BAILE DO PISA

Catavento Cultural. Rua Ozanam, 711, Ipiranga. Sábado (26), a partir das 14h. Com Pisa na Fulô, Nath Rodrigues e Everton Coroné. Ingressos a partir de R$ 15. Informações: bit.ly/2U1tSMI.


Publicidade