Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

GAROTA DO BARULHO

Menina empoderada é o destaque de Bumblebee


postado em 28/12/2018 05:05

Haille Steinfeld intepreta a jovem amiga de carros e robôs(foto: Paramount/divulgação)
Haille Steinfeld intepreta a jovem amiga de carros e robôs (foto: Paramount/divulgação)

Bumblebee, dirigido por Travis Kinight, filia-se à série dos Transformers, mas a história se passa em 1987, vinte anos antes do primeiro filme, constituindo-se, portanto, tecnicamente, numa “prequel”.
Garota que perdeu o pai e tem dificuldade para aceitar a nova vida da mãe, que se casou de novo, conserta esse fusca caindo aos pedaços. Ele vira seu xodó. Mas não é um carro qualquer. Bumblebee é um Autobot que lutou contra os Decepticons em seu planeta de origem. Refugiado na pequena cidade litorânea em que vive a protagonista, ele é rastreado no universo pelos Decepticons, que enviam uma unidade atrás dele. O objetivo é chegar a Optimus Prime, o líder da resistência (e dos Autobots)
O fusca é uma graça, mas os produtores recusam enfaticamente comparações com a cultuada série Se o meu fusca falasse. Veio do produtor Steven Spielberg a ideia de que já estava na hora de o mundo masculino dos Transformers abrigar uma heroína empoderada. A garota (Hailee Steinfeld, do remake de Bravura indômita) é do barulho.


Publicidade