UAI
Publicidade

Estado de Minas CONHECIMENTO SEM FRONTEIRAS

Mediadores de tecnologia: projeto mineiro certifica jovens periféricos

Parceria da Rede Cidadã com Programa Descubra acompanhou jovens de comunidades no aprendizado sobre tecnologia e meios digitais


01/12/2021 13:05 - atualizado 01/12/2021 13:51

Jovem participante do projeto da Rede Cidadã e Programa Descubra
Jovens receberam capacitação teórica e técnica sobre áreas de tecnologia (foto: Reprodução/ Rede Cidadã)
 
Vinte e três jovens aprendizes de comunidades de Belo Horizonte vão receber a certificação de ‘mediadores de tecnologia’ após capacitação técnica e profissional pelo Programa Descubra em parceria com a Rede Cidadã. O evento será nesta quarta-feira (01/12), no auditório do Ministério do Trabalho e Previdência, em Belo Horizonte, das 14h às 16h.
 
O projeto foi criado para oferecer capacitação técnica, profissional e acolhimento a diversos jovens de comunidades e periferias da capital mineira. Um dos focos do programa é o contato com jovens que estão cumprindo medidas socioeducativas, em regimes de internação ou em semiliberdade.
 
Durante o processo de capacitação, a Rede Cidadã trabalhou na pré-qualificação desses jovens, com o objetivo de construir e reconstruir identidades e valores aos aprendizes. O segundo passo foi a apresentação do mercado de trabalho, aproximando ainda mais os alunos dessas oportunidades profissionais com indicação de caminhos mais adequados a cada jovem.
 
Para além de transmitir conhecimentos sobre tecnologia e o universo digital, o projeto também contribui com a inclusão dos aprendizes no mercado de trabalho formal. Para o fundador e atual Diretor Executivo da Rede Cidadã, Fernando Alves, o acesso aos meios digitais e tecnológicos é necessário para aproximar esses jovens das oportunidades profissionais
 
“Com a revolução digital, a pandemia e os avanços do uso da tecnologia, ter jovens com o domínio da tecnologia é fundamental para que eles possam auxiliar outras pessoas com dificuldades de conseguir trabalho por falta deste conhecimento”, comenta Fernando. Ainda destacou o uso de equipamentos e mídias digitais, internet e redes sociais.
 
Para o diretor, o conhecimento não deve parar por aí. Ele destaca como os ‘Mediadores de Tecnologia’ podem e devem continuar levando os aprendizados adquiridos para suas comunidades e bairros. Além de Fernando Alves, participam da cerimônia Ângela Alvarenga, presidente da Rede Cidadã e representantes do Ministério Público do Trabalho e da Prefeitura de Belo Horizonte.
 
* estagiário sob a supervisão de Márcia Maria Cruz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade