UAI
Publicidade

Estado de Minas SABERES TRADICIONAIS

Artes e ofícios: curso gratuito promove saberes tradicionais de Ifá

Em duas aulas transmitidas no Youtube, curso apresenta cultura de povos da Nigéria, Benin e Togo


12/11/2021 10:00 - atualizado 12/11/2021 11:21

professor Doutor Félix Ayoh'OMIDIRE
Curso é realizado pelo professor Doutor Félix Ayoh'OMIDIRE (foto: Reprodução/ Instagram)


Duas aulas gratuitas do curso "Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais: Artes e Culturas de Ifá" apresentam a cultura de Ifá. O curso, transmitido na plataforma do Youtube, na quinta-feira e sexta-feira (11 e 12/11), é realizado pelo professor Félix Ayoh'OMIDIRE como parte do Programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que, desde 2014, vem apresentando os valores e conhecimentos de povos originários e tradicionais do país.

O curso,  disponível neste link , apresenta as culturas e saberes de Ifá. De acordo com professor Félix, Ifá é um oráculo, uma conexão entre as divindades, que tem origem entre os iorubás, na Nigéria. Ifá carrega a consciência do universo e o sistema divinatório, dividido em 256 símbolos gráficos conhecidos como 256 Odù. Mestre Félix Ayoh'OMIDIRE é professor titular de estudos da diáspora yorubana e estudioso do sistema oracular de Ifá.

Estes símbolos mencionados pelo professor trazem representações de centenas de versos, histórias, cantos, encantamentos e curas de tradições africanas. As aulas destacam conceitos e trajetórias sobre as aquisições de conhecimentos pelo ser humano a partir dessas tradições. 

Mestre Félix Ayoh'OMIDIRE apresenta, no curso, como os iorubanos escravizados trouxeram para as Américas um mundo completo de histórias e de leis cósmicas. Essas construções, para o professor Félix, foram fundamentais para a formação de uma sociedade baiana e também para outras cidades e estados do país e das Américas.

“Com o Ìjúbà recebemos o poder de falar, de expor o pensamento, nossa arte, nossa sabedoria, sempre reconhecendo nosso limite e que o que fazemos é dar continuidade ao que nossos ancestrais já estavam fazendo”, afirma. Pedir Ìjuba, de acordo com o professor Félix, é uma obrigação cultural, ritual e espiritual, pois recebe a potência da fala através das forças dos orixás.

Além da apresentação da importância de Ifá para cultura e tradições africanas, as aulas também trazem diálogos e referências de produções de outros mestres sobre o tema, construindo pontes e complementando as discussões propostas pelo professor Félix ao longo de sua apresentação. 
 
*estagiário sob a supervisão de Márcia Maria Cruz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade