UAI
Publicidade

Estado de Minas novidades na cozinha

Ovo é a estrela de cardápio de rede carioca que começa expansão por BH

Os dois pratos que disputam a preferência do público são o ovo no pote e o sanduíche de pão brioche com queijo meia cura e bacon


01/08/2021 04:00 - atualizado 01/08/2021 09:50

Campeão de vendas, o ovo no pote tem uma camada de purê de baroa(foto: P.Ovo/Divulgação)
Campeão de vendas, o ovo no pote tem uma camada de purê de baroa (foto: P.Ovo/Divulgação)
Do início ao fim, ele está presente. Cozido, mexido, como recheio de sanduíches, base para molhos ou ingrediente de sobremesas, o ovo é protagonista de todo o cardápio da P.Ovo. A rede carioca chega a Belo Horizonte para fazer o mineiro se apaixonar ainda mais pelo ovo, com receitas que fogem do comum, como o ovo no pote. A loja, no Bairro Belvedere, é a primeira fora do Rio de Janeiro.
 
A ideia é do chef Rodrigo Gomes, que trabalhou em grandes redes e tinha o sonho de montar uma cozinha onde pudesse exercer sua criatividade. Quando falou para os amigos (e futuros sócios) que pensava em abrir um negócio para servir ovo, enfrentou certa resistência, mas logo provou que poderia surpreender mesmo quem come o ingrediente todos os dias.
 
Dois anos depois, com três lojas e mais franquias por vir, o sócio Cláudio Albuquerque avalia que o projeto deu certo porque pessoas de todas as idades têm uma ligação emocional com o ovo. “Quando falo ovo, não preciso nem explicar, ele por si só diz a que veio e as paixões que provoca, da criança à terceira idade”, destaca, acrescentando que o cardápio traz sempre novidades.
 
O ovo no pote é a estrela da casa. Para esta receita, ele é cozido a vácuo até atingir o que se chama de ponto perfeito (com gema e clara cremosas). Depois chega à mesa bem quente, por cima de uma camada de purê de batata baroa. Ganha sabor com azeite trufado, flor de sal e cebolinha. Dá para comer de colher ou usar as torradas, servidas como acompanhamento.
 
Há uma versão com molho shakshuka, feito com tomate, pimentão, cebola e pimenta, no lugar da baroa. O nome e o sabor remetem ao prato israelense shakshuka, que combina ovos e molho de tomate. Foi inspirado na expressiva comunidade judaica que circula pela loja do Leblon, bairro do Rio de Janeiro onde se concentram muitas sinagogas.
 
Na hora de comer o fettuccine à carbonara, a sugestão é misturar o ovo perfeito ao molho(foto: P.Ovo/Divulgação)
Na hora de comer o fettuccine à carbonara, a sugestão é misturar o ovo perfeito ao molho (foto: P.Ovo/Divulgação)
 
Este mesmo ovo, no ponto perfeito, faz o maior sucesso no fettuccine à carbonara. Ele ocupa o centro do prato, que tem a massa envolta em molho a base de ovos e queijo parmesão e bacon em tiras. A sugestão é misturar clara e gema aos outros ingredientes enquanto come. A receita é diferente da original, mas os sócios já ouviram de um italiano que é tão boa quanto a do seu país.
 
Ainda existe a opção de comer o ovo perfeito no croque madame. Lá, o sanduíche francês leva pão integral, queijo meia cura, presunto e molho da granja (desenvolvido com maionese vegana).
 

Recheio de sanduíches

Quem gosta de ovos mexidos pode comê-lo sozinho ou no recheio de sanduíches. Em um deles, que fica atrás apenas do ovo no pote na preferência do público, a combinação é com pão brioche, queijo meia cura, bacon e molho da granja. Detalhe que não se trabalha com fritura na cozinha. Tudo é preparado no forno, inclusive o bacon, que ainda assim fica bem crocante.

Os ovos também se transformam em omeletes, que podem ter recheio de presunto, queijo e tomate, salmão defumado ou mix de cogumelos, cebola caramelizada e molho shoyu. Em um sanduíche com pão integral, ele surge como salada fria. Depois segue como ingrediente principal de muitas sobremesas, entre elas pudim, quindim e creme brulèe.
 
A marca usa sempre ovos caipira. “Trabalhamos com produtos de origem certificada, privilegiando os produtores locais. Em BH, fizemos um estudo de campo para homologar os fornecedores e manter a mesma qualidade”, aponta o sócio Leonardo Cunha. Por semana, as três lojas consomem 12 mil ovos. O cliente tem a possibilidade de comprar ovos para consumir em casa.
 
Com as lojas de Ipanema e Leblon consolidadas, os sócios agora se dedicam ao projeto de expansão por franquias. A de BH é a primeira. “É muito importante submeter as nossas receitas ao criterioso gosto dos mineiros. Quem não agrada em BH não é agrada em lugar nenhum”, comenta Cláudio. A próxima unidade, prevista para outubro, será em Brasília.
 

Serviço

P.Ovo

(31) 3370-3513 
 
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade