UAI
Publicidade

Estado de Minas ARTES CÊNICAS

Peça 'Entre letras e estrelas' fala de morte e esperança para a criançada

Grupo teatral Flor de Maio se apresenta pela primeira vez em BH, no final de semana, com o propósito de aproximar a garotada da leitura


22/06/2022 04:00 - atualizado 21/06/2022 22:56

Atriz de óculos e cabelos presos está à frente de outra atriz, de costas para a câmera, com os cotovelos sobre a mesa
"Entre letras e estrelas" conta a história de uma idosa e uma garota diante do desafio de viver (foto: Flor de Maio/acervo)

Atuante desde 2015 em Itabirito, na região metropolitana, a companhia de teatro Flor de Maio faz sua estreia em Belo Horizonte com a peça  “Entre letras e estrelas”, atração de sábado (25/6) e domingo (26/6) no Teatro Marília.

TRISTEZA 

O espetáculo infantil “Entre letras e estrelas” aborda luto, tristeza e a esperança. De forma poética, Larissa Ribeiro e Bárbara Sill dão vida a Dona Letícia e a Elisa, uma idosa e uma criança.

Dona Letícia vive sozinha e recorre à poesia para encontrar conforto diante da proximidade da morte. Ela se inspira na menina Elisa, que entrega cartas, para saborear a vida.

“Quando retomamos os ensaios paralisados durante a pandemia, a gente foi se lembrando de muita coisa, de marcação e tudo. Está fluindo superbem, acrescentamos coisas, detalhes. Temos muito carinho por esse espetáculo”, diz Larissa Ribeiro.

“Gostamos de falar que 'Entre letras e estrelas' atravessa gerações. Foi essa a percepção que a gente teve quando fizemos o ensaio aberto em São Gonçalo do Bação (distrito de Itabirito). Havia muitos idosos e adultos assistindo, menos crianças. Mas o espetáculo conseguiu tocar as crianças, pois é lúdico, propõe interações com elas. E também dialogou com os adultos, porque é uma história intensa”, afirma a atriz.

Larissa está ansiosa para estrear na capital. “A gente enfrentou mais reclusas o momento de pandemia. Fomos estudando como fazer com que o grupo crescesse. É a primeira vez que, enquanto companhia, nos apresentamos em Belo Horizonte. Vai ser um marco para a gente. Já nos apresentamos em outras cidades, mas todas interioranas”, revela Larissa.

Sob direção de Dhu Rocha, a peça tem cenografia e figurino de Edsel Duarte e trilha sonora de Júlia Carvalho e Larissa Ribeiro. Júlia, Larissa e Bárbara Sill assinam também maquiagem e dramaturgia.

“O espetáculo incentiva a leitura neste momento tão importante para as crianças, de retorno às aulas e aos estudos. Queremos estimular o desejo de ler e escrever, além de tocarmos em temas importantes. É uma peça pensada para a infância, mas também para a pessoa que vai acompanhar essa criança ao teatro”, finaliza a atriz.

“ENTRE LETRAS E ESTRELAS”

Direção: Dhu Rocha. Dramaturgia e atuação: Larissa Ribeiro e Bárbara Sill. Teatro Marília. Avenida Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia, (31) 3277-6319. Sábado (25/6) e domingo (26/6), às 16h. R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Venda on-line no site diskingressos.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade