UAI
Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto fazem concerto para Paulo Rafael

'Valencianas' foi gravado em agosto, no dia em que o guitarrista morreu de câncer. Espetáculo vai ao ar neste sábado (13) à noite, no YouTube


13/11/2021 06:00 - atualizado 13/11/2021 07:49

O músico Alceu Valença canta e levanta o braço, durante show em Belo Horizonte
Alceu Valença comemora sua parceria com a Orquestra Ouro Preto e elogia o talento dos músicos mineiros (foto: Iris Zanetti/divulgação)


Alceu Valença é o convidado da quarta edição do projeto “Orquestra Ouro Preto SulAmérica sessions”, que será transmitido neste sábado (13/11), às 20h30, no YouTube. “Valencianas” vai homenagear o guitarrista pernambucano Paulo Rafael, que morreu em 23 de agosto, vítima de câncer. Ele tinha 66 anos – em 45 deles, tocou com Alceu. A gravação do concerto ocorreu no dia da morte do músico.

Paulo Rafael também fez parte da banda setentista Ave Sangria, expoente do rock psicodélico brasileiro. “Foram 46 anos de estrada juntos, sou compadre dele. Todos gostavam de Paulinho, era unanimidade: gente boa demais, além de grande músico. Na realidade, nem sei como consegui fazer a gravação naquele dia, mas não havia como adiar, pois estava tudo já marcado, com a orquestra inteira no Rio de Janeiro”, diz Alceu.

Conterrâneos


O músico Paulo Rafael nasceu em Caruaru, na mesma região da cidade de Alceu, São Bento do Una. “Ele sabia tudo das minhas músicas. Com sua guitarra, captava o que a canção queria expressar. Começou a tocar guitarra comigo. Antes, no Ave Sangria, tocava viola e baixo”, diz o compositor.

Paulo Rafael aparece de lado tocando sua guitarra
Paulo Rafael tocou com Alceu por 45 anos (foto: Youtube/Reprodução)
“Quando entrou para a guitarra, conversava com ele e lhe dizia: 'Paulinho, vamos voltar para uma viagem musical até Caruaru, para as nossas raízes'. Foi uma grande perda para a música brasileira”, lamenta Alceu.

O projeto “Valencianas” foi gravado na praia carioca de Joatinga, sob direção de Paulo Rogério Lage. A orquestra é regida por Rodrigo Toffolo e os arranjos foram criados por Mateus Freire. Entre as canções estão “Anunciação”, “Coração bobo” e “La belle de jour”.

Toffolo destaca a ousadia e a contemporaneidade do compositor pernambucano, explicando que “Valencianas” mescla o sertão e o agreste brasileiros à música de concerto.

Alceu conta que o grupo mineiro oferece um novo olhar sobre sua obra, elogiando a destreza dos músicos “jovens e competentes”. Observa que o show foi gravado numa casa, no Joá, devido à pandemia, destacando a bela vista que contempla praia, mar e montanha.

“Foi incrível o dia da gravação. Rodrigo fez um repertório com músicas dos dois DVDs que gravei com ele e a orquestra, ainda inéditos, e do outro, ‘Valencianas’, que já lançamos. Também estão lá algumas músicas que fizemos em Portugal, na Casa da Música”, diz.

Alceu destaca os arranjos “maravilhosos e inacreditáveis” de Mateus Freire. “É um paraibano que já tocou violino na Orquestra Ouro Preto”, diz, agradecendo aos “fantásticos músicos” do grupo.

Encontro

O astro pernambucano faz questão de lembrar que seu encontro com o grupo mineiro foi promovido pelo amigo Paulo Rogério Lage. “Foi ele quem fez a ponte. Produtor cultural, é diretor de cena e já foi diretor do Palácio das Artes. Morou no Recife, era vizinho dos meus pais. Nos tornamos grandes amigos”, conta.



Certo dia, Paulo lhe apresentou o maestro Rodrigo Toffolo. “Fomos nós três para Olinda e começamos a discutir o primeiro concerto lá mesmo. Em 2012, gravamos ‘Valencianas’. Agora em agosto, fizemos esse outro, que ganhou o nome de ‘Valencianas 2’ e está maravilhoso. O público terá a oportunidade de conferir neste sábado”, avisa.


Incansável apesar da pandemia, Alceu Valença lançou, em 2021, dois discos no formato voz e violão: “Sem pensar no amanhã” (em março) e “Saudade” (em julho). Na próxima sexta-feira (19/11), fecha a trilogia com “Senhora estrada”.

Portugal

Em 2022, sai o projeto audiovisual do artista com participação da Orquestra Ouro Preto, gravado pouco antes da pandemia no Porto, em Portugal. Feliz, Alceu revela que a sua “Belle de jour” bateu 190 milhões de visualizações no YouTube.

Realizado desde agosto, o projeto “Orquestra Ouro Preto SulAmérica sessions” recebeu Diogo Nogueira, Fernanda Takai e Ana Carolina. Na última edição de 2021, em dezembro, o convidado será Lulu Santos.

“Orquestra Ouro Preto Sulamérica Sessions”


Com Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto. Neste sábado (13/11), às 20h30. Transmissão no canal oficial da orquestra no YouTube



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade