UAI
Publicidade

Estado de Minas STREAMING

Série ficcional sobre Maradona tem futebol, família, política e cocaína

Produção que estreia estreia nesta sexta-feira (29/10) mostra os altos e baixos da carreira e da vida do maior ídolo do futebol argentino


29/10/2021 04:00 - atualizado 29/10/2021 07:30

Ator que interpreta Maradona, de pé, vestido de moletom, é abordado por dois repórteres em cena de série
Três atores interpretam o jogador nas diferentes fases da visa, na produção que aborda sua tumultuada relação com a imprensa (foto: Prime Video/Divulgação)
É com um deliberado embaralhamento temporal, que coloca lado a lado seus momentos de glória e seus gigantescos fiascos, que a série “Maradona: a conquista de um sonho” conta a história do maior ídolo do futebol argentino. 

Com 10 episódios e direção de Alejandro Aimetta, a produção estreia nesta sexta-feira (29/10), na Amazon Prime Video. Os atores Nazareno Casero, Juan Palomino e Nicolas Goldschmidt interpretam Diego Armando Maradona (1960-2020), em diferentes fases de sua vida. 

Na abertura, nos deparamos com El Diez (bem acima do peso) sofrendo uma overdose durante o réveillon de 2000, em Punta Del Este, no Uruguai. A partir desse ponto, a narrativa recua para a infância pobre do jogador, na Villa Fiorito, uma favela na periferia de Buenos Aires.
A meteórica carreira de Maradona até a Copa do Mundo de 1982 é central nos três primeiros episódios, que tratam também da decadência associada ao vício em cocaína.

A série mostra que a personalidade destemida e sedutora já são características marcantes de Diego desde a infância, quando tinha o apelido de “El Pelusa", em referência à sua cabeleira. 

Aos 9 anos, na peneira do Argentino Jrs, ele impressiona os dirigentes a ponto de duvidarem de sua idade. Aos 16, é convocado para a seleção argentina. O promissor início de carreira torna-se a única esperança para que a família de Maradona saia da pobreza. 
Casal de pais em cena de série sobre Maradona
A relação com os pais e a infância pobre são aspectos mencionados nos primeiros episódios (foto: Prime Video/divulgação)

FAMÍLIA 

Sua relação com os pais e com a primeira esposa, Claudia Villafane, assim como os conflitos dela com a sogra, têm destaque na série. A tumultuada relação de Maradona com a imprensa argentina também é abordada, com imagens de jornalistas investigando as causas de sua internação, seu real estado de saúde e preparando-se para publicar seu obituário.

Ao longo da narrativa, a política argentina sai do pano de fundo e ganha relevo em diversos momentos, com fatos históricos entrelaçados à trajetória de Maradona. 

A reação à morte do ex-presidente Juan Domingo Perón (1895-1974) traz à tona a filiação peronista de sua família. A ditadura militar que governou o país entre 1976-1983 interfere em sua carreira e nos rumos da seleção. A tortura e o desaparecimento de militantes, o posterior movimento das Mães da Praça de Maio e a Guerra das Malvinas se conectam à história do personagem central e sublinham a identificação de Maradona com a oposição ao regime e o ativismo de esquerda.
 
 

CARREIRA 

Nas quatro linhas, o jogador do Boca Juniors ganha a confiança do treinador César Luis Menotti, responsável por sua primeira convocação para a seleção, mas fica de fora da Copa do Mundo de 1978, vencida pela Argentina em casa. No ano seguinte, ele é o capitão do time campeão da Copa do Mundo sub-20 e aperta as mãos do ditador Jorge Videla ao regressar ao país. Em 1982, faz sua estreia com a seleção principal em Copas do Mundo em meio à Guerra das Malvinas. 

Além de Menotti, nomes históricos no futebol, como Mário Kempes, Hugo Gatti e Pelé (quem diria), são representados. A cena dos bastidores do encontro entre o camisa 10 argentino e o brasileiro inclui Pelé tocando “Mistério do planeta”, dos Novos Baianos, ao violão. 

Não ficam de fora os dois principais empresários do jogador, Jorge Cyterszpiler, que era seu amigo de infância da Villa Fiorito; e Guillermo Coppola, presente na festa de réveillon regada a cocaína que virou caso de polícia. 

Os amigos e inimigos que fez dentro e fora de campo completam o leque de personagens de “Maradona: a conquista de um sonho”, que é uma série sobre a Argentina, futebol, fama, família, amores e vícios, centrada no “mais humano dos deuses”, como definiu Eduardo Galeano.    

*Estagiário sob a supervisão da editora Silvana Arantes

“MARADONA: A CONQUISTA DE UM SONHO”

Direção: Alejandro Aimetta. Série em 10 episódios. Os cinco primeiros serão disponibilizados nesta sexta-feira (29/10), na Amazon Prime Video. Os demais episódios serão lançados semanalmente, a cada sexta-feira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade