UAI
Publicidade

Estado de Minas

Inédito na TV, filme mergulha na vida e na música de Paulo César Pinheiro

Documentário exibido nesta segunda traz a extensa obra musical de poeta, escritor e compostor gravado por estrelas como Elis e Bethânia


27/09/2021 04:00 - atualizado 27/09/2021 07:10

None
(foto: Curta!/DIVULGAÇÃO)


Paulo César Pinheiro – Letra e alma ”, de Cleisson Vidal e Andrea Prates, inédito na TV , estreia nesta segunda-feira (27/09), às 22h30, no Curta!. Poeta, escritor, compositor e uma das maiores referências da música popular brasileira, Paulo César Pinheiro ostenta mais de mil canções gravadas por estrelas como Elis Regina e Maria Bethânia . Sua trajetória de vida e sua extensa obra musical são reverenciadas neste documentário, que tem o próprio artista como narrador de sua história em ordem cronológica: começa falando das memórias da infância no subúrbio carioca e de sua juventude, quando escreveu suas primeiras – e já impressionantes – composições. Fala ainda de um tempo e de uma geração de nomes talentosos com quem conviveu, compôs ou pelos quais foi gravado. Relembra o início da carreira, compondo ao lado de João de Aquino e Baden Powell, e de outros grandes parceiros que teve ao longo da vida, como Pixinguinha, Mauro Duarte e João Nogueira.

***

A trajetória de Paulo César também se mistura à história do Brasil. Durante a ditadura militar, o compositor teve músicas barradas pela censura. Após a anistia, viveu a emoção de ver a canção “Tô voltando” – dele com Maurício Tapajós – se tornar um marco do retorno dos exilados pelo regime militar. Já na vida pessoal, ele lembra de seu casamento com a cantora Clara Nunes, que foi intérprete de dezenas de suas canções. Ele, mangueirense, foi o autor de um dos maiores hinos da Portela, a pedido da esposa, a grande estrela da azul e branco de Madureira. Anos depois da morte de Clara, Paulo César se casou novamente, com a cavaquinista Luciana Rabello, sua atual esposa, com quem tem dois filhos – que hoje também são seus parceiros musicais. Ao refletir sobre sua família, ele sintetiza: “A música é nossa base fundamental de vida. A música é que une a gente, faz com que o amor continue, que se prolongue e que se reviva”.
 
None
(foto: Galeria Saphira & Ventura/divulgação)
 
 
ARTE E TECNOLOGIA
NFTS DE OBRAS

Pela primeira vez e graças a um time de brasileiros, a Hamptons Fine Art Fair 2021, de Nova York, criou NFTs de obras de artistas como Keith Haring (1958-1990) e o mineiro Rene Nascimento. NFT, ou “token não-fungível”, é uma espécie de certificado digital de posse e autenticidade de um bem material ou digital, criado por meio da tecnologia blockchain, a mesma das criptomoedas, e está revolucionando o mercado da arte. O montante superou US$ 2 milhões. A inovação foi possível em razão da parceria entre a empresa mineira de curadoria de criptomoedas Dux Cripto, a empresa de educação financeira cripto Financial Move, a galeria de arte Saphira & Ventura e o estúdio criativo MentaLand. O estande dos brasileiros esteve entre os mais visitados da feira, realizada este mês, nos Estados Unidos.
 
“TRATO FEITO”
23ª TEMPORADA

Em mais de uma década, os fãs aprenderam a amar as três gerações do clã Harrison como se fossem sua família. De raridades, objetos de arte e armas antigas a imitações baratas, não há como prever o próximo artigo que vai aparecer na famosa loja de penhores de Las Vegas. “Trato feito”, o maior sucesso do History, como o próprio canal divulga, estreia a sua 23ª temporada nesta segunda-feira (27/09), às 22h. No episódio de estreia, chega à loja uma palheta de guitarra que pertenceu a Elvis Presley.
 
None
(foto: LIKE/DIVULGAÇÃO)
 
 
 
“RAISED BY WOLVES”
DESTAQUE DO “SÉRIES”

O eterno choque entre ciência e religião finalmente levou a humanidade à beira da extinção na intrigante série de ficção científica “Raised by wolves”, destaque do “Séries” desta segunda-feira (27/09), às 18h, no Like. A produção está disponível no HBO Max. Depois que a Terra é destruída por conflitos religiosos e a raça humana se torna uma espécie ameaçada, um arquiteto androide envia duas de suas criações androides, conhecidas como Mãe e Pai, com vários embriões humanos, para começar uma colônia sem deus e pacífica, em um planeta virgem, o Kepler 22b. Esses pais postiços ou mentores ensinam às crianças que os humanos sobreviventes, que pertencem à ordem dos mitraicos, podem até ser avançados em termos de tecnologia, mas continuam presos aos dogmas de sua religião.
 
PRÊMIO LITERÁRIO
INSCRIÇÕES

As inscrições para o Prêmio Geek de Literatura da Amazon – premiação inédita da Amazon para livros de ficção científica, fantasia e horror e quadrinhos – estão abertas até 22 de outubro. Para participar, autores devem autopublicar suas obras via Kindle Direct Publishing – KDP (kdp.amazon.com.br), ferramenta gratuita para escritor. Todas as obras serão avaliadas em diversos critérios, como criatividade, originalidade, qualidade de escrita e viabilidade comercial. Cinco finalistas serão selecionados em cada categoria. Mais informações:  amazon.com.br/kdp .
 
None
(foto: Estevam Avellar/Globo)
 
 
“PRATEADOS”
INÉDITO

O que os idosos pensam sobre temas como vida, morte, sexo, trabalho e pandemia? O documentário inédito “Prateados – A vida em tempos de madureza” se propõe a refletir sobre essas e outras questões de uma etapa da vida que é, muitas vezes, invisibilizada pela sociedade. Com estreia nesta segunda (27/09), à 0h, no GNT, o filme registra depoimentos de pessoas diversas acima de 60 anos em suas residências. Tonico Pereira, Zezé Motta, Romeu Evaristo, Noca da Portela e Sebastião Januário contribuem para o retrato da velhice no Brasil com suas visões de mundo acerca de assuntos como negritude e solidão na terceira idade. A atração tem direção e roteiro de Valmir Moratelli e Libário Nogueira.
 
None
(foto: Acervo/Globo)
 
 
“PAI HERÓI”
NA GLOBOPLAY

A novela “Pai herói” entra no catálogo da Globoplay nesta segunda-feira (27/09). Na trama de Janete Clair, André Cajarana cresceu acreditando que seu pai, Malta, era um grande homem. Com a morte de seu avô, ele parte para o Rio de Janeiro com o objetivo de esclarecer a morte do progenitor. Porém, para sua surpresa, André descobre que Malta era tido como um bandido, bicheiro e traficante. Tony Ramos, Elizabeth Savalla, Glória Menezes, Rosamaria Murtinho, Jonas Bloch e Jorge Fernando (1955-2019) fazem parte do elenco de um dos maiores clássicos da dramaturgia brasileira.

DAVID LYNCH
13 CURTAS

O especial “David Lynch: Um gênio surrealista”, com 13 curtas do cineasta, está disponível na plataforma Mubi. Diretor, roteirista, produtor, artista visual, músico e ator, Lynch é multidisciplinar. Seu impacto substancial e único deu origem a uma categorização própria: “lynchiano”, sinônimo universal para o que atravessa os limites do sonho e da realidade. As 13 produções do especial são: “A avó” (1970); “The alphabet” (1968); “Six men getting sick” (1966); “Dumbland” (2002); “The amputee” (1974); “Industrial soundscape” (2002); “Intervalometer experiments” (2004); “Darkened room” (2002); “Bug crawls” (2004); “Boat” (2007); “Out younder-neighbor boy” (2001); “Lamp” (2003) e “Lumière and company: David Lynch” (1995). Mais informações:  mubi.com .
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade