UAI
Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Pri Glenda, puxadora do Juventude Bronzeada, lança trabalho solo

Cantora divulga nesta quinta (23/9) no YouTube o clipe do single 'Desanuviar', que anuncia um futuro EP e um disco cheio


23/09/2021 04:00 - atualizado 23/09/2021 07:44


Após 12 anos de carreira, a cantora, compositora e instrumentista mineira Pri Glenda decidiu dar o seu primeiro voo solo e lançou ontem nas plataformas digitais o single “ Desanuviar ”. O clipe da canção será publicado nesta quinta-feira (23/09) no  canal do YouTube da artista

A música foi composta por Pri em parceria com o cantor, compositor, poeta e capoeirista Marquim D’Morais . “Escolhi o primeiro dia da primavera (para o lançamento nas plataformas digitais) por trazer esse significado de renascimento. Uma coisa que descobri no processo de gravação é que a minha definição de sucesso é exatamente o fazer – tirar do campo das ideias e realizar. Então, para mim, 'Desanuviar' já é um sucesso. Êxito comercial é outra história.”
 
 
Com 12 anos de carreira na música, Pri Glenda lança seu primeiro single,
Com 12 anos de carreira na música, Pri Glenda lança seu primeiro single, "Desanuviar", que anuncia um futuro EP e um disco cheio (foto: Luana Buenano/Divulgação)
 
 
Nascida em Belo Horizonte, Pri Glenda tem uma trajetória artística versátil. Semifinalista do programa “ Ídolos ”, da Rede Record, fundou um trio de samba e MPB, com o qual já realizou mais de 600 shows. Foi também integrante do projeto autoral Djambê, cantando e produzindo a banda que, em uma kombi, rodou o país em turnê do disco “Encruzilhadas”. Além disso, é puxadora dos blocos carnavalescos mineiros Juventude Bronzeada e É o Amô e também fundadora, cantora e compositora do coletivo feminino – e feminista - “As V.A.D.I.A.S”.

 Pri Glenda conta que a letra de “Desanuviar” versa sobre novos começos, que criam raízes no presente. Inspirada na dor e na sua trajetória como mulher e artista. Ela explica que transforma em letra e música o seu mergulho na busca por se (re)conhecer e valorizar a própria força, mantendo-se em movimento constante. 

Essa música nasceu de um desejo de contar para mim mesma que não preciso comparar minha trajetória com a das outras pessoas. É para anunciar o meu voo solo, em busca da minha própria força, em que nem sempre acredito, mas sigo em movimento para tomar as rédeas da minha vida"

Pri Glenda, cantora, compositora e instrumentista

SONORIDADE 


Nascido e criado na favela do Aglomerado da Serra, em BH, Marquim D'Morais, parceiro de Pri na canção, “tem uma sonoridade ímpar, fruto de uma imersão profunda nas vivências e na diversidade do território onde vive”, diz ela. 

Após “Desanuviar”, a artista prevê lançar mais três singles. As quatro canções irão compor seu primeiro EP solo. “Estou sentindo que estou tomando a rédea da minha carreira como artista, depois de tantos coletivos”, diz. Ela comenta que “Desanuviar” fala “sobre o quanto somos fortes, mas às vezes duvidamos”. 

“Escolhi essa música para ser a primeira por ser esse momento de pegar para mim o que gosto de fazer e já faço há 12 anos, mas nunca tive coragem de fazer sozinha. Ficava me sabotando, dizendo, depois eu faço... Já tenho composições para uns dois discos, mas sempre ficava adiando, por não acreditar que seria capaz de fazer sozinha.”

A canção foi composta originalmente como um baião. “Aí, na gravação, quis acrescentar outros timbres, algumas coisas mais modernas, feitas em estúdio. Há um bocado de referência também do congado, porém queria uma modernidade”, afirma.

O desejo da artista com o lançamento é que “essa música bata nas pessoas do mesmo jeito que bateu para mim, ou seja, no sentido de buscarmos o que a gente quer, de não se apavorar com as nossas ansiedades e buscar mesmo, porque, para mim, o propósito de estarmos aqui vivos é ser felizes nos momentos em que conseguirmos isso, porque tudo passa muito rápido.” (AP)

Luana Buenano/Divulgação

Com 12 anos de carreira na música, Pri Glenda lança seu primeiro single, “Desanuviar”, que anuncia um futuro EP e um disco cheio


“Desanuviar”

(Pri Glenda e Marquim D’Morais)
 
Feito rio que corre pro mar
Tempo certo sei bem esperar
E ele não vai passar à toa
Sou o vento que vai me guiar
Na tormenta ou calmaria
Só eu pra desanuviar
Abri porteira do meu caminho
Pisando manso
Vou até onde a vista alcançar
Cambaleando
Me desafio
Só com a certeza
De que um dia
Hei de chegar
Sou vento que sopra e leva meu barco
Veleiro navego na imensidão
Do mar de dentro, do peito agitado
Bons ventos conduzem meu coração
Minha prece eu faço sempre calado
Pra fora meu canto é quem vai dizer
Sou errante e sigo descobrindo o caminho
Pra me encontrar, tive que me perder
Mas, tempo sou eu, é meu lar e abrigo
Todo o meu amor, todo o bem-querer
Eu não tenho a mesma pressa
E nem hora de voltar
Durmo quando meu sol descansa
Até despertar meu alumiar
 
 
None
 


“DESANUVIAR”

* Pri Glenda
* Single-clipe
* Disponível nas plataformas digitais a partir dessa quarta-feira (22/09)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade