Publicidade

Estado de Minas POLÊMICA NO STREAMING

Série sobre Elize Matsunaga é machista, imparcial ou chocante?

Documentário que estreou na Netflix sobre mulher que matou e esquartejou o marido passou longe da unanimidade nas redes sociais


12/07/2021 11:39 - atualizado 12/07/2021 11:53

(foto: Reprodução/Netflix)
(foto: Reprodução/Netflix)


Um documentário sobre um assassinato brutal de um de importante empresário não poderia passar longe de polêmicas e opiniões contrárias, não é mesmo? Elize Matsunaga: Era uma vez um crime não fugiu à regra e parece passar longe da unanimidade — pelo menos de acordo com os internautas.

A produção chegou no streaming da Netflix no último 8 de julho e conta os detalhes sobre o bárbaro assassinado de Marcos Kitano Matsunaga, dono da marca de alimentos Yoki.

Com opiniões de especialistas e depoimentos de pessoas próximas ao empresário, o documentário caminha até a confissão do crime por Elize, a então mulher de Marcos.

Os depoimentos dela ao longo do documentário, contudo, nem sempre foi crível para o público. Em outra via, os internautas também questionaram alguns comentários que consideraram machistas na produção.



 
 
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade