Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Helvécio Carlos


postado em 11/04/2019 05:08

Marcelo Winheski, Luciana Procópio, Rachel Pitta, Adriana Valle e Rogério Bechelany no Torneio Empresarial de Tênis Estado de Minas em prol da Jornada Solidária (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Marcelo Winheski, Luciana Procópio, Rachel Pitta, Adriana Valle e Rogério Bechelany no Torneio Empresarial de Tênis Estado de Minas em prol da Jornada Solidária (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)


PATINETE
DIVERSÃO COM RESPONSABILIDADE


A cena assustou quem descia a Avenida Afonso Pena, sentido Centro, quase na esquina com Rua dos Guajajaras. Sem o menor constrangimento, o rapaz surgiu entre os carros, ziguezagueando em cima da patinete, daquelas pagas por hora de uso. Sem o menor senso de responsabilidade, ele desceu a avenida como se não houvesse amanhã, sinal de trânsito e muito menos leis a seguir. Inclusive, burlou uma das nove dicas de segurança do brinquedo, que deve ser usado em ciclovias.

***

Longe dali, outra cena chamou a atenção. Um rapaz, que mal conseguia equilibrar a mochila nas costas e o peso do corpo, cortava a Rua Professor Morais, na altura da Avenida Getúlio Vargas, obrigando motoristas a reduzir a velocidade e complicando ainda mais o trânsito. Nenhum dos dois usava capacete.

***

Nas duas situações, ficou claro que muita gente não respeita as regras básicas de segurança, colocando em risco tanto a própria vida quanto a de quem passa por perto.

KRASH
ROMPENDO PADRÕES

Fernanda Mello recebe convidados amanhã, no Armazém 44, para autografar seu sexto livro, Krash. “É um trabalho bem diferente em relação aos outros, tanto pelo formato pocket quanto pelo conteúdo. Além disso, meus livros anteriores falam sobre amor, já o Krash aborda o amor-próprio e relacionamentos abusivos”, conta a escritora. Para ela, essa diferença representa amadurecimento em relação a Mulher de fases, lançado em 2016.

***

“A ideia do novo livro surgiu depois de muita conversa com outras mulheres e da investigação sobre o porquê de tantos relacionamentos abusivos. Krash é uma onomatopeia sobre quebra. Tento mostrar que romper com padrões sociais opressivos traz grande oportunidade para sermos fiéis a nossos propósitos e a nós mesmos”, diz Fernanda. “Fomos criadas para acreditar que amor rima com dor e que temos de passar por cima de nós mesmas para ter um relacionamento.” Até o fim do ano, ela pretende lançar seu primeiro romance, Entre vinhos e cafés.

ALÉM-MAR
FADO CONTEMPORÂNEO

A música brasileira fascina a família da portuguesa Mariza. Tanto que o nome dela homenageia a cantora Mariza Gata Mansa (1938-2003). O pai de Mariza, intérprete que ampliou as fronteiras do fado pelo mundo, viveu no Brasil por alguns anos e era fã da artista carioca. Em 25 de maio, Mariza faz show no Sesc Palladium, em BH.

FRANÇA/BRASIL
TRIBUTOS EM QUESTÃO


Delegação francesa de especialistas em finanças públicas e direito tributário, chefiada por Michel Bouvier, professor da Universidade Paris 1 Panthéon-Sorbonne, estará em Belo Horizonte para participar, hoje e amanhã, do Seminário França-Brasil de Tributação. Promovido pela Associação Brasileira de Direito Tributário (Abradt) e pela Association pour la Fondation Internationale de Finances Publiques, o evento discutirá temas relevantes para a relação franco-brasileira. “Essa troca de informações pode ser muito rica, especialmente neste momento em que o Brasil discute a inevitável reforma tributária”, afirma Valter Lobato, diretor-presidente da Abradt, que estará à frente dos trabalhos.



No Minas Náutico, em Alphaville...







Publicidade