Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Tame Impala e Metronomy comemoram 10 anos de clássicos de sua discografia

Banda australiana lança a edição especial do álbum 'InnerSpeaker', enquanto os britânicos reeditam 'The english riviera', com versão mix do hit 'The look'


06/05/2021 04:00 - atualizado 06/05/2021 07:30

O australiano Kevin Parker é o talento por trás do sucesso da
O australiano Kevin Parker é o talento por trás do sucesso da "não banda" Tame Impala (foto: Neil Krug/divulgação)

É um pouco difícil explicar o que é o Tame Impala. A “não banda” australiana, na verdade um projeto do músico Kevin Parker, se apresenta no mundo com outros quatro integrantes: Jay Watson, Dominic Simper, Cam Avery e Julien Barbagallo. Mas o mérito é todo de Parker.

Considerado gênio da música, ele compôs, gravou, executou e produziu sozinho todos os seus quatro discos lançados até aqui. O primeiro, “InnerSpeaker”, completou uma década em 2020 e tem sido amplamente celebrado pelo artista.

REMIX
A versão comemorativa do álbum chegou às plataformas digitais na última sexta-feira (30/4). Com as 11 faixas originais, o registro traz duas músicas remasterizadas, “Alter ego – 2020 mix” e “Runaway houses city clouds – 2020 mix”, ambas retrabalhadas no ano passado a fim de integrar o projeto.

"Meu primeiro álbum faz 10 anos hoje. Esta versão da capa não foi a versão final, mas eu a encontrei outro dia, pela primeira vez desde 2010, e me deixa muito emocionado só de olhar"

Kevin Parker, músico do Tame Impala


“InnerSpeaker” foi um dos grandes lançamentos de 2010, figurando em diversas listas de melhores álbuns. Ainda que Tame Impala tenha bombado no mundo todo a partir do segundo disco, “Lonerism” (2012), que abriga “Feels like we only go backwards”, Kevin Parker já pregava a renovação da psicodelia no álbum de estreia.

Naquela época, a chamada neopsicodelia não era exatamente novidade – outras bandas como Empire of The Sun, MGMT e Of Montreal estavam na estrada há mais tempo. O projeto do australiano só adicionou a ela frescor suficiente para colocá-lo como farol das bandas desse estilo que surgiram a partir dali. Um de seus grandes méritos é ter se baseado no pop para trazer um estilo de nicho para as massas.

Atualmente mais popular do que nunca – os últimos dois álbuns, “The slow rush” (2020) e “Currents” (2015), são a prova disso –, o Tame Impala foi forjado por meio de guitarras distorcidas e sons sintetizados. Mesmo assim, músicas como “Why won't you make up your mind?”, “Solitude is bliss” e “Expectation” são barulhentas, mas têm apelo melódico nas letras.

"Quando tocamos 'The look' ao vivo e ouço milhares de pessoas cantando junto, muitas vezes lágrimas me vêm aos olhos. É realmente espantoso o que essa canção e todo esse álbum têm feito pelo Metronomy"

Joseph Mount, músico do Metronomy


No final de março, Kevin Parker divulgou no YouTube o curta “InnerSpeaker memories”. Com pouco mais de 15 minutos, o vídeo reúne imagens do processo de gravação do disco na icônica Wave House, em Yallingup, na Austrália, que o músico comprou por US$ 2,75 milhões no ano passado. Foi lá que ele e parte de sua banda de apoio se reuniram no dia 21 para tocar o primeiro álbum na íntegra. A apresentação foi transmitida para o mundo, inclusive para o Brasil – ainda que tenha ocorrido às seis da manhã, por conta do fuso horário.

No dia em que o disco completou uma década, Parker escreveu o seguinte texto nas redes sociais: “Meu primeiro álbum faz 10 anos hoje. Esta versão da capa não foi a versão final, mas eu a encontrei outro dia, pela primeira vez desde 2010, e me deixa muito emocionado só de olhar, porque me lembra o que estava passando há cerca de uma semana de terminar, o que me assustou muito e, na época, parecia uma tarefa impossível.”

O impossível se concretizou e hoje o Tame Impala é um dos grupos mais celebrados da música alternativa. Cada vez mais, o projeto se distancia do nicho ao qual um dia pertenceu e se volta ao grande público.

Metronomy faz sucesso até hoje no Spotify com
Metronomy faz sucesso até hoje no Spotify com "The look", canção lançada em 2011 (foto: Gregoire Alexandre/divulgação)

CONSAGRAÇÃO
Outro trabalho que ganhou versão comemorativa na última semana foi o “The english riviera”, terceiro álbum da banda britânica Metronomy. O registro, que consagrou o grupo no cenário internacional, também coroa a última – e mais atual – formação do grupo: Joseph Mount, Oscar Cash, Olugbenga Adelekan e Anna Prior.

A nova versão traz, além das 11 faixas originais, seis inéditas: “Aquarius”, “Picking up for you”, “French organ”, “Friends”, “The ballad of the 17 year old” e “Jazz odyssey”.

“Meu primeiro apartamento em Paris tinha uma vista quase perfeita de Montmartre e da Basílica do Sacré-Coeur. Um dia, me sentei em uma das janelas dele e escrevi o que se tornaria uma das canções mais populares do Metronomy”, afirma Mount, em comunicado enviado à imprensa.

“Quatro meses mais tarde, tocamos 'The look' no Smokehouse, em Londres. Depois disso, me lembro bem do jornalista Dave Simpson me perguntar sobre a música. Ainda não sei exatamente o que é essa coisa, mas quando tocamos 'The look' ao vivo e ouço milhares de pessoas cantando junto, muitas vezes lágrimas me vêm aos olhos. É realmente espantoso o que essa canção e todo esse álbum têm feito pelo Metronomy”, completa o músico inglês.

De fato, “The look” é a canção mais ouvida da banda no Spotify. Na verdade, quatro das cinco músicas mais populares do grupo nas plataformas de streaming são do disco “The english riviera”. A lista ainda conta com “The bay” e “Everything goes my way”, além do remix que a banda MGMT fez de “The look”.

Formado em 1999 e na ativa até hoje, o grupo lançou “Love letters” (2014), “Summer 08” (2016) e “Metronomy forever” (2019). Nenhum deles teve a mesma aclamação de crítica e público do terceiro álbum.

“INNERSPEAKER 
(10 YEAR ANNIVERSARY EDITION)”
.Tame Impala
.Modular Recordings
.Disponível nas plataformas digitais

“THE ENGLISH RIVIERA 
(10H ANNIVERSARY)”
.Metronomy
.Because Music
.Disponível nas plataformas digitais


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade