Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Larissa Manoela fala sobre 'Modo avião', parceria sua com a Netflix

Em seu primeiro trabalho para a plataforma de streaming, atriz interpreta influenciadora digital que se submete a um processo de desintoxicação do celular para se conectar com o mundo real


postado em 23/01/2020 04:00 / atualizado em 22/01/2020 18:53

As atrizes Amanda Orestes e Larissa Manoela (D), que vive a protagonista Ana, no longa dirigido pelo mineiro César Rodrigues, disponível a partir desta quinta-feira (23), na Netflix (foto: Netflix/Divulgação)
As atrizes Amanda Orestes e Larissa Manoela (D), que vive a protagonista Ana, no longa dirigido pelo mineiro César Rodrigues, disponível a partir desta quinta-feira (23), na Netflix (foto: Netflix/Divulgação)

Com apenas 4 anos, ela foi descoberta por um olheiro de uma agência de modelos da cidade de Guarapuava, no Paraná, onde nasceu. Foi ali o começo da trajetória de uma das maiores estrelas teen do país, Larissa Manoela, que hoje, aos 19 anos de idade e 15 de carreira, soma trabalhos de sucesso nos palcos, na televisão, no cinema, na literatura e, agora, no streaming. Nesta quinta (23), a Netflix lança o longa-metragem Modo avião, primeiro trabalho da atriz para a plataforma.

Com direção do mineiro César Rodrigues (Vai que cola – O filme, Minha mãe é uma peça 2), o filme conta a história de Ana, uma influenciadora digital da área de moda que é bastante dependente das redes sociais. Esse vício acaba prejudicando sua vida pessoal. Ela chega a bater o carro oito vezes – duas num só dia – por estar sempre ao celular.
 
É então que os pais de Ana tomam uma atitude radical e confiscam seu aparelho. Ela é obrigada a passar uma temporada de detox digital no sítio do avô, Germano (Erasmo Carlos), onde praticamente não há sinal de internet.
 
Tudo para sair do virtual e viver o real ou “se desconectar para se conectar”. A trama é baseada em roteiro do mexicano Alberto Bremer. A adaptação brasileira foi feita pelo escritor Renato Fagundes (Os Penetras 2 e Vai que cola – O começo) e Alice Name-Bomtempo (Vai que cola).

Larissa Manoela, que assinou contrato de três anos com a Netflix, conta que, assim que leu o roteiro, já se sentiu atraída pela história. “Achei que ele tinha um diferencial. Primeiro, porque eu estava querendo fazer algo mais maduro, que eu pudesse me identificar com a personagem, com a história e que as pessoas também pudessem se identificar. E acredito que isso vai acontecer. É uma história muito atual, que se passa no dia a dia das pessoas. A minha personagem está aí presente nas redes sociais”, afirma.

O fato de o filme ganhar distribuição em 190 países via serviço de streaming também atraiu a artista, que comemora sua aproximação com a Netflix. “Sou muito feliz com todos os acontecimentos da minha vida. Ver meu primeiro filme original da Netflix prestes a estrear e sendo distribuído no mundo inteiro é muito especial. Confesso que a ficha não caiu e ainda não tenho dimensão do que isso significa. O mundo é gigantesco, e o alcance que a Netflix tem é impressionante. É uma grande responsabilidade, mas não chega a ser uma pressão. É algo que fiz com muito amor, carinho. Dei o melhor de mim e espero, de verdade, que as pessoas gostem.”

Um dos pontos altos do filme é a interação entre Ana e o avô rabugento vivido por Erasmo Carlos. O distanciamento inicial – pelo fato de não se conhecerem – vai dando lugar a uma relação delicada e afetuosa. Larissa Manoela celebra a parceria com o Tremendão, a quem chama de ícone, sobretudo da geração dos pais dela.
 
“Eu já conhecia as músicas dele, porque meu pai é um grande fã. Desde o nosso primeiro encontro, ele sempre foi muito solícito, generoso e sincero. Comentava que não estava se sentindo confortável com tal cena, queria passar mais o texto. Eu estava sempre ali, aberta para ele contar comigo como neta, até para a gente poder criar essa relação. E o resultado está aí. Não é porque eu fiz, mas a história é muio fofa, o filme está lindo”, comenta.

Nascida no fim do ano 2000, a atriz admite que tem uma relação muito estreita com a tecnologia. Ela acaba de atingir 28 milhões de seguidores no Instagram. Larissa diz que, até pelas inovações nessa área, percebe que as pessoas têm ficando cada vez mais dependentes e conectadas, mas que ela costuma se impor limites.
 
“Tenho noção de até onde posso usar. Sempre me policio para não ficar o tempo todo no celular. Tem vários momentos em que fico off. Na hora do almoço, quando geralmente estou em casa com minha família, por exemplo. E aí curto meus cachorros, leio livros, ouço música. Acho que é muito importante a gente não perder esse contato (com a vida real)”.

''Eu já conhecia as músicas dele (Erasmo Carlos), porque meu pai é um grande fã. Desde o nosso primeiro encontro, ele sempre foi muito solícito, generoso e sincero. Comentava que não estava se sentindo confortável com tal cena, queria passar mais o texto. Eu estava sempre ali, aberta para ele contar comigo como neta, até para a gente poder criar essa relação. E o resultado está aí''

Larissa Manoela, atriz


 
Modo avião inaugura a parceria de Larissa Manoela com a Netflix. No momento, ela está rodando o filme Diários de intercâmbio, para o cinema, que tem locações no Rio de Janeiro e em Nova York. Quando retornar dos Estados Unidos, vai gravar mais um original para a plataforma. “Não posso dar muitos spoilers sobre esse projeto, mas adianto que a história é bem bacana, com uma personagem muito madura, que vai me desafiar bastante e é diferente de tudo que já fiz. Estou bem empolgada.”

A paranaense, que deixou neste ano o SBT/Alterosa após quase 10 anos, salienta a importância da emissora de Silvio Santos em sua trajetória e diz que só tem a agradecer. “Meu sentimento é de extrema gratidão por eles terem acreditado no meu potencial, na minha força e no meu talento para integrar o elenco de dramaturgia da casa, que se encontrou num nicho muito bacana, que é o público infantil. Eu sabia que ia chegar um momento em que iria encerrar esse ciclo e que iria construir novos momentos com todo o aprendizado que tive lá dentro. Foi uma escola gigantesca. Fui muito feliz e tenho o maior orgulho da história que tive no SBT”, afirma.

A decisão de Larissa Manoela de não renovar seu contrato com o SBT gerou muito burburinho e especulações sobre o futuro da atriz. Um dos rumores a aponta como protagonista de Além da ilusão (título provisório), novela de Alessandra Poggi prevista para estrear no segundo semestre na Globo, na faixa das 18h. A personagem dividirá o protagonismo com a mãe, interpretada por Claudia Raia. No entanto, Larissa Manoela desconversa.

“Meu futuro é muito aberto. O que posso adiantar são esses trabalhos que tenho por agora. Estou muito focada no cinema. Em 2020, tem muita coisa legal. Estou disponível, disposta e muito feliz com este novo momento que vai se inciar e com tudo isso que vem surgindo na minha vida pessoal e profissional. Em breve, as pessoas vão ficar sabendo de algo muito especial e que vai marcar muito a minha carreira”, diz.

No comecinho deste ano, Larissa Manoela se mudou para o Rio de Janeiro, cidade natal de seu namorado, o ator e celebridade da internet Léo Cidade. A atriz diz que sonha em construir uma família assim como a sua – seus pais são casados há 25 anos, e ela os considera sua principal referência –, mas diz que o futuro a Deus pertence.
 
“Sou uma menina muito sonhadora. Gosto muito de colocar metas e objetivos na minha vida. Almejo uma família linda, assim como a que eu tenho. Almejo uma carreira consolidada, em que eu sempre possa estar feliz e realizada, independentemente de onde eu esteja, seja no teatro, no cinema, na TV ou na literatura. E tenho vontade de ter mais conhecimentos, de fazer personagens desafiadoras, vontade de crescer, de evoluir, de ser sempre melhor como pessoa e profissional.”


Publicidade