Publicidade

Estado de Minas

Tomate é astro de filme do francês Jean-Baptiste Malet, que está em BH

O premiado documentário 'O império do ouro vermelho' é atração do Cine Sesc Palladium, com direito a bate-papo com o autor na quarta-feira


postado em 10/09/2019 04:00 / atualizado em 09/09/2019 18:26

(foto: Aliança Francesa/divulgação)
(foto: Aliança Francesa/divulgação)

Lançado em 2017, o documentário O império do ouro vermelho – A história secreta de uma mercadoria universal será exibido na terça (10) e quarta-feira (11), às 19h30, no Sesc Palladium, com entrada franca. Na quarta, depois da sessão, o diretor Jean-Baptiste Malet (foto) vai conversar com o público sobre seu trabalho e autografar o livro que deu origem ao filme. Ele foi lançado no Brasil pela Editora Autêntica.

>>>

O protagonista do documentário é o tomate. Consumida em vários países – dos Estados Unidos a Gana –, a fruta é um símbolo da globalização. Malet ouviu agricultores, comerciantes, geneticistas, fabricantes de máquinas e até um integrante da máfia, oferecendo interessante painel a respeito da economia mundial. No ano passado, o longa deu ao cineasta Malet o Prêmio Albert Londres. O Sesc Palladium fica na Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro.

MOSTRA
SIDNEY POITIER
(foto: United Artists/divulgação )
(foto: United Artists/divulgação )

Primeiro homem negro a ganhar o Oscar de melhor ator, o americano Sidney Poitier, de 92 anos, ganha homenagem no Cine Humberto Mauro. Até dia 16, mostra dedicada a ele exibirá nove filmes. O racismo é abordado em praticamente todos os roteiros. Nesta terça (10), às 15h, estará em cartaz Acorrentados, dirigido por Stanley Kramer. Poitier (foto) faz o papel de um prisioneiro que consegue fugir da cadeia, embora preso ao companheiro de cela (Tony Curtis) por uma corrente. Às 17h, será a vez de O sol tornará a brilhar, de Daniel Petrie, sobre a família afroamericana Youngers. A seguir, vêm dois megasucessos: Ao mestre com carinho (19h15), de James Clavell, em que Poitier interpreta um professor às voltas com alunos baderneiros, e Adivinhe quem vem para jantar, de Stanley Kramer, no qual um rapaz negro se vê às voltas com o preconceito dos sogros brancos. Essa última sessão está marcada para as 21h. No dia 16, a mostra exibe Aconteceu num sábado, longa dirigido por Sidney. A sala fica na Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro. Entrada franca.

CINEBH
FORMAÇÃO AUDIOVISUAL

Serão encerradas nesta terça-feira (10) as inscrições para o Programa de Formação Audiovisual, que promoverá debates, painéis, oficinas, laboratórios, workshops e masterclasses durante a Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte (13ª CineBH) e o Brasil CineMundi, marcada para 17 a 22 de setembro. Este ano, o tema do evento é “A internacionalização do cinema brasileiro e os desafios para o futuro”. Serão exibidos 24 longas, três médias e 58 curtas-metragens. “O Programa de Formação é uma oportunidade de intercâmbio de conhecimentos e experiências entre especialistas nacionais e estrangeiros, profissionais e estudantes”, afirma Raquel Hallak, coordenadora do evento. As inscrições devem ser feitas pelo site www.cinebh.com.br.

INGRESSOS
PRIME ROCK BH

Em 23 de novembro, o Mineirão receberá uma constelação de astros do pop nacional: Paralamas do Sucesso, Jota Quest, Nando Reis, Blitz, Humberto Gessinger e Sideral, entre outros. A pré-venda de ingressos para o Prime Rock Festival BH começa nesta terça-feira (10), às 14h, no site Sympla. Inteiras custam de R$ 160 a R$ 800, mas há meia-entrada especial para doadores de 1kg de alimento não perecível. Pontos de venda funcionarão nas lojas Chilli Beans e nos shoppings Diamond Mall e Pátio Savassi.

LETRAS EM CENA
LÚCIO CARDOSO

Jacyntho Lins Brandão, professor da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, é o convidado do projeto Letras em cena, que será realizado nesta terça-feira (10), às 19h, no Café do Centro Cultural do Minas Tênis Clube (Rua da Bahia, 2.244, Lourdes). Ele vai falar sobre a obra do escritor mineiro Lúcio Cardoso (1912-1968), autor do clássico Crônica da casa assassinada. A leitura de textos ficará a cargo de Odilon Esteves, ator da Cia. Luna Lunera. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site Sympla.

SÃO JOÃO DEL-REI
MILTON HATOUM
(foto: Bel Pedrosa/divulgação)
(foto: Bel Pedrosa/divulgação)

Até dia 22, o Festival de Literatura de São João del-Rei, Tiradentes e Santa Cruz de Minas (Felit) mobiliza a região do Campo das Vertentes. O homenageado desta edição será o amazonense Milton Hatoum (foto), autor de Dois irmãos, Relato de um certo Oriente, Cinzas do Norte e Órfãos do Eldorado, entre outros livros. Traduzida para 12 línguas, a obra dele foi publicada em 14 países. Hatoum é tema da oficina de formação de jovens autores que reúne 37 alunos de escolas. A programação completa do festival está disponível em www.felit.com.br 


Publicidade