Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Nova série da Fox, 'New Amsterdam' trata da vida dentro de um hospital

Max Goodwin (Ryan Eggold) é o diretor da instituição, que trocou cinco dirigentes em cinco anos, e está disposto a consertar as coisas. Mas ele está em crise no casamento e descobre ter câncer


postado em 19/04/2019 05:08

Max Goodwin (Ryan Eggold) assume a direção de um hospital que trocou cinco dirigentes em cinco anos, disposto a transformá-lo em referência em atendimento(foto: FOX LIFE/DIVULGAÇÃO)
Max Goodwin (Ryan Eggold) assume a direção de um hospital que trocou cinco dirigentes em cinco anos, disposto a transformá-lo em referência em atendimento (foto: FOX LIFE/DIVULGAÇÃO)

 

Séries sobre o universo da medicina e de hospitais não são novidades. E.R, House, Chicago med, Code black, The good doctor e The resident são alguns exemplos. O Brasil também tem produções nessa linha, como Unidade básica, estrelada por Caco Ciocler, que foi ao ar pelo Canal Universal, e a ótima Sob pressão, que chega à sua terceira temporada na Globo, no mês que vem. Nesta quarta (17), a Fox Life lançou (com episódio duplo)  mais um seriado com essa temática. No entanto, desta vez há um outro aspecto de destaque na trama: a precariedade do sistema público de saúde. Atração original da NBC norte-americana, New Amsterdam tem produção-executiva de David Schulner (Desperate housewives), de Kate Dennis (The handmaid’s tale) e de Peter Horton, que também produz outra série médica de sucesso, Grey’s anatomy.

New Amsterdam é o nome de um hospital cuja inspiração é o Bellevue, em Nova York, considerado o mais antigo dos Estados Unidos em atividade – existe desde março de 1736. O livro Doze pacientes: vida e morte no hospital Bellevue foi o ponto de partida da produção. O livro traz as memórias do Dr. Eric Manheimer em seus 15 anos como médico e diretor no Bellevue. Na versão televisiva, Max Goodwin, papel de Ryan Eggold (The blacklist), é um brilhante, charmoso, espirituoso e muitas vezes sarcástico doutor, que assume a direção do hospital.

Ele está disposto a enfrentar a falta de recursos e a derrubar a burocracia para garantir alta qualidade nos atendimentos. É quase um super-herói. Em seu primeiro encontro com os profissionais do New Amsterdam, que vem de um rodízio de cinco diretores em cinco anos, avisa: “Vamos voltar a ser médicos de novo”. De cara, o novo diretor mostra a que veio e demite praticamente toda a equipe de cardiologia. Ele ainda faz uma revelação, explicando o que o motivou a assumir a função. “Eu e minha irmã Luna nascemos aqui. Ela morreu oito anos depois, por causa de uma infecção hospitalar. Sempre quis trabalhar neste hospital e salvar a irmã, a mãe ou o pai de alguém. É um sonho que se realiza.”

PROBLEMAS Ao mesmo tempo em que atua como profissional, Dr. Goodwin lida com seus problemas pessoais e de saúde. Logo no começo, nos deparamos com seus conflitos com a esposa Georgia (Lisa O’Hare), que está grávida da primeira filha do casal, e de quem se afastou devido a tanta dedicação à medicina. Numa conversa com a colega Helen Sharpe (Freema Agyeman), ele fala sobre por que quis tanto assumir a direção do New Amsterdam. “Sei que me afastei muito de Georgia quando comandei uma clínica em Chinatown e prometi a ela que iria me reaproximar. Chinatown era o K2 (segunda montanha mais alta do mundo). O New Amsterdam é o Everest. Como se recusar a escalar o Everest?”, justifica.

Sharpe, que é oncologista, insiste em que o novo chefe deve priorizar a família e, sobretudo, a saúde, já que acaba de descobrir um câncer. Esse certamente será um dos dilemas do protagonista ao longo da série. O elenco também tem outros destaques, como Janet Montgomery, na pele da destemida doutora Laura Bloom; Tyler Labine, que interpreta o psiquiatra Iggy Frome; Anupam Kher, como o experiente médico Vijay Kapoor, e Jocko Sims, que faz o cardiologista Floyd Reynolds.

As semelhanças com Grey’s anatomy estão visíveis na forma como os pacientes são retratados, como os médicos têm uma paixão incomensurável pela profissão e ainda na maneira como a direção privilegia a emoção. Mas New Amsterdam tem suas peculiaridades. O ritmo intenso, ótimos diálogos e personagens carismáticos – sem contar o drama humano – são ingredientes que têm tudo para conquistar o telespectador brasileiro, assim como aconteceu com o norte-americano. Tanto é que a série já tem uma segunda temporada garantida.

New Amsterdam
Quartas, às 22h30, no Fox Life
Disponível no serviço de streaming Fox App


Publicidade